Reprodução
Reprodução

Fábrica de calçados infantis pede sapato de volta para enviar à criança carente na África

Empresa informa que produz sapato de alta qualidade, que pode durar bastante tempo e ser útil a mais do que uma criança

Estadão PME,

16 de julho de 2013 | 15h23

Uma pequena fábrica de calçados infantis localizada em Nova York encontrou uma maneira criativa de ressaltar a qualidade de seu produtos e, ainda por cima, inserir a marca no rol dos negócios socialmente responsáveis. A marca Jojo's incentiva os pais a devolverem os pares de sapatos quando eles não couberem mais nos pés de seus pequenos consumidores. Segundo a empresa, embora usado, seu produto é feito para durar por muitos anos. E ao invés de despachá-lo no lixo, que tal encaminhar o sapato para a doação em comunidades carentes pelo mundo? 

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

De acordo com o site da rede norte-americana de TV Fox News, o mérito da ideia é da advogada Ama Yawson. Ela toca há um ano a Jojo's com o marido Charles. Sua inspiração para a ação surgiu de viagens que fez a lugares pobres, como a Gana e Nicarágua.

"Quando vi crianças descalças e expostas ao risco de contrair diversas doenças devido a não terem calçados, fiquei realmente interessada e fascinada pela ideia de criar essa empresa", diz Ama.

Ela conta que, desde o início, a empresa atua com investimento próprio, recursos que eles tinham na caderneta de poupança, e que "como eles não conheciam muito desse mercado, tiveram que pesquisar muito e encontrar pessoas que eram apaixonadas por fazer sapatos para fazer parte de sua equipe". Cada sapato da empresa leva cerca de 90 minutos para ser produzido, de forma artesanal. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.