Exportação: entenda todas as etapas

Exportação: entenda todas as etapas

Internacionalizar os negócios faz parte da estratégia de expansão de muitas empresas, inclusive das pequenas.  Focar o mercado estrangeiro, mesmo em tempos de instabilidade econômica global, pode ser um bom negócio. De acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), entre janeiro a julho deste ano as exportações encerraram o período com valor de US$ 118,3 bilhões, um resultados recorde. Em relação ao mesmo período de 2010, o comércio internacional do País teve um crescimento de 32,7%.

09 de agosto de 2011 | 22h00

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Como a crise na Europa afeta as exportações ::

:: Como a crise nos EUA interfere nas exportações ::

“No ano passado o Brasil exportou R$ 201 bilhões, sendo que as pequenas empresas foram responsáveis por 1,9% deste volume. Este ano a tendência é que as exportações aumentem e consequentemente o país recupere o fôlego perdido em 2008 e 2009 com a crise”, analisa Jaime Akila Kochi, consultor do Grupo de Internacionalização do Sebrae/SP.

Os temores em relação a crise econômica nos Estados Unidos e em países da Europa devem, no entanto, servir como um alerta ao empreendedor que pretende a expansão internacional. As pequenas empresas brasileiras só serão afetadas diretamente pela crise se o País, de fato, for afetado. De acordo com Kochi, o empreendedor que agiu com cautela e muito planejamento vai conseguir alcançar a estabilidade dos negócios internacionais.

"Pulverizar a área de atuação pode ser a melhor forma de não sentir gravemente os impactos da crise e de uma possível recessão. Atuar em mercados diferentes e ter cautela ao assumir financiamentos são alternativas que podem proteger os empresários brasileiros”, diz Kochi.

Para auxiliar empreendedores de setores diversos, o Estadão PME disponibiliza uma uma série de informações do MDIC sobre como expandir os negócios internacionalmente . A ferramenta desmembra todas as etapas do início ao fim de uma operação de exportação. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.