Exemplos de quem alcançou o sucesso

Confira a opinião de Jae Ho Lee; Ivani Calarezi; Eduardo Ourivio e Sebastião Rosa

Estadão PME,

23 de julho de 2014 | 06h55

A trajetória do empresário de sucesso serve de inspiração para aqueles que pretendem seguir o mesmo caminho. Mas nem sempre o crescimento foi o objetivo principal. Em muitos casos, o negócio deu tão certo que a expansão foi natural. Já em outros negócios, a meta sempre foi ter uma grande empresa.

 

 

Jae Ho Lee, CEO do Grupo Ornatus, que engloba as marcas Jin Jin Wok, Jin Jin Sushi, Morana, Balonè, Little Tokyo e My Sandwich

Jae Ho Lee conheceu o modelo de franquias no fim da década de 80. “Eu achei o modelo fascinante. No Brasil estava começando e achei que ia ter muita aderência pelas características do País”, conta o empresário, que investiu inicialmente no setor de alimentação. Hoje, ele também tem negócios no segmento de acessórios. O ponto comum é o movimento da mulher no mercado de trabalho. Para quem busca crescimento, Lee recomenda foco na preparação, investimento em gestão e atenção nos movimentos do mercado. “No nosso caso, temos um olhar muito para fora. Sempre observamos o surgimento, desenvolvimento e evolução de novos consumidores, não só no Brasil. Trocamos o espelho pela janela.”

 

Eduardo Ourivio, fundou o Spoleto junto com o amigo Mario Chady. Hoje, a marca faz parte do Grupo Trigo, que também reúne as marcas Koni Store e Domino´s Pizza no Brasil

O sonho de Eduardo Ourivio e Mario Chady sempre foi construir uma marca. E para alcançar o sucesso com o Spoleto, Ourivio apontou os desafios enfrentados: “carga tributária surreal, juros altíssimos, dificuldade de atrair boas pessoas quando ainda é pequeno, além da dificuldade de entender a importância de construir a empresa com seus valores, construindo uma cultura atraente para as pessoas e uma causa relevante para a sociedade”, diz. No caso da dupla, o que funcionou bem é que Chady sempre pensou no como crescer, no amanhã. Já Ourivio pensa no hoje contra ontem. “Assim na nossa sociedade 1+1=3. A gente se complementa e podemos crescer com consistência e velocidade”, diz Ourivio.

 

Ivani Calarezi, fundadora e presidente da rede Amor aos Pedaços

Ivani Calarezi transformou o hobby de fazer sobremesas em negócio. Depois de ter dez lojas próprias da Amor aos Pedaços, ela optou pelo modelo de franquias para expandir e foi pioneira na venda de bolos por fatia. E para quem pretende ter um bom resultado, Ivani destaca o atendimento. “Eu costumo dizer para os franqueados que eles precisam estar dispostos a fazer uma festa todo dia em sua loja, oferecendo produtos de qualidade e um ótimo atendimento. Essa é uma atitude simples para o cliente voltar, pois acredito que a única forma de ser bem sucedido é criando clientes leais”, diz. Atualmente a rede tem 65 lojas em operação e registrou um faturamento de R$ 65 milhões no ano passado.

 

Sebastião Rosa, fundador da Imaginarium

O primeiro negócio de Sebastião Rosa e a mulher Karin reunia loja de presentes e decoração, bar e floricultura. Mas logo eles perceberam a necessidade de mudar o formato para crescer. O foco foi uma loja de presentes e decoração, o início da Imaginarium. A maior dificuldade enfrentada foi a inflação que dificultava o planejamento, além da inexperiência, que eles tentavam superar com paixão e entusiasmo. “A nossa experiência mostrou que primeiro tem que gostar muito do que faz, ter determinação, querer sempre estar na frente dos concorrentes e ter foco. Estar assessorado por bons profissionais, ter uma equipe de confiança e tão apaixonada pelo negócio quanto você, também é um ingrediente fundamental para o sucesso.”

:: Leia também ::

Apenas 1,5% das empresas consegue sustentar uma expansão acima dos 20% ao ano

Ambição é arma de empresário para expandir com velocidade

Eles são seguidores da linha do ‘capitalismo light’

Crescimento por franquias exige cautela e preparo

Dicas de leitura 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.