Estrangeiro gastará, em média, R$ 11,4 mil durante viagem da Copa

Pesquisa traça perfil do visitante que desembarcará no País em 2014

Carolina Dall'Olio, do Estadão PME,

29 de julho de 2011 | 13h02

A maioria dos turistas que visitará o Brasil durante a Copa do Mundo de 2014 será formada por homens europeus ou americanos, solteiros, com curso superior completo, que tenham entre 25 e 34 anos e possuam renda familiar superior a R$ 10 mil mensais. Cada um deles deve gastar, em média, R$ 11.412,50 no País, excluindo os custos com passagens aéreas.

O perfil dos visitantes foi traçado pelo Ministério do Turismo, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Para mapear as características dos turistas que foram à última Copa do Mundo e subsidiar o planejamento para a Copa de 2014 no Brasil, o Ministério realizou na África do Sul uma pesquisa com 4.835 pessoas, durante os meses de junho e julho de 2010.

O estudo revela uma grande oportunidade para as empresas que trabalham no setor de turismo brasileiro: 80% dos torcedores que foram à África do Sul ainda não conhecem o Brasil. E a maioria deles (83%) costuma praticar o chamado “turismo adicional”, viajando durante 18,1 dias. Ou seja, o passeio não fica restrito à freqüência nos jogos. Para quem vem apenas com o objetivo de assistir às partidas, a permanência é mais curta: 15,3 dias.

Os turistas visitam, em média, 3,8 cidades e 69% deles se hospeda em hotéis. Os maiores gastos são com alimentação e bebidas, hospedagem e transporte. A pequena ou média empresa que quiser conhecer melhor o perfil dos potenciais clientes que desembarcarão no País em 2014 pode acessar a pesquisa na página do Ministério do Turismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.