Divulgação
Divulgação

Esfera de plástico pode ajudar na redução do uso do detergente e ser a solução da poluição dos rios

Crystal Wash usa pedaços de cerâmica especiais para lavar roupas

Estadão PME,

18 de fevereiro de 2015 | 06h56

Os detergentes de limpeza são poluentes e a redução do seu uso nos lares são discutidos atualmente entre a indústria, órgãos de proteção do meio ambiente e a sociedade. Paralelamente, algumas empresas vem se debruçando sobre projetos que possam minimizar os impactos prejudiciais do produto.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Um deles vem se destacando no site de financiamento coletivo Kickstarter. O Crystal Wash 2.0 é uma esfera de plástico que contém pequenos pedaços de cerâmica que, em movimento, liberam minerais com propriedades antibacteriana e antioxidante que limpam as roupas.

Além de não emitir substâncias nocivas junto com a água utilizada no processo de lavagem, o equipamento promete oferecer outro benefício. Um refil que contém os pedaços de cerâmica, que custa US$ 50 e funciona em até mil lavagens. Segundo dados da empresa, para fazer o mesmo número de lavagens com detergente, um consumidor dos EUA gastaria US$ 300 com o produto.

Outro item interessante do Crystal Wash é o aplicativo que gerencia as lavagens. Instalado em um smartphone com Android ou iOS, o usuário pode verificar alertas de lavagem de roupas, contar os ciclos de lavagem, alerta de recarga e decodificador de etiquetas de roupas.

A empresa busca apoio financeiro no site Kickstarter, onde criou uma campanha de financiamento coletivo. O projeto já bateu a meta inicial de US$ 100 mil e até a manhã desta quarta-feira, 18, 1.739 pessoas apoiaram a ação com cerca de US$ 120 mil. A campanha segue até o dia 13 de março.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.