Reprodução
Reprodução

Escola do Rock abre segunda unidade em SP e revela planos de expansão no País

Modelo de expansão no Brasil será por meio de franquias, que custam a partir de US$ 115,6 mil

Rodrigo Rezende, Estadão PME,

27 de agosto de 2013 | 07h00

A rede de escolas de música norte-americana School of Rock inaugura nesta terça-feira (27) a segunda unidade no Brasil, dessa vez no bairro de Moema, zona sul da capital paulista. A primeira escola foi aberta em São Caetano do Sul, na região do ABC, em novembro do ano passado.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O CEO da marca nos Estados Unidos, Chris Catalan, afirmou ao Estadão PME que a inauguração não é um fato isolado e a escola tem planos de ampliar sua presença no País. "Neste exato momento, não temos o número exato de escolas no Brasil, mas estamos confiantes que a região pode receber múltiplas escolas", disse. "Nos sentimos particularmente bem quanto aos nossos parceiros no Brasil e a capacidade que eles têm para inspirar", afirma. 

O investimento para abrir uma unidade da marca varia de US$ 115,6 mil a US$ 321,7 mil, mas um grupo de investidores desembolsou US$ 650 mil para abrir a unidade em Moema. "Esse é, claramente, um investimento acima da média da nossa rede. A School of Rock Moema tem instalações, equipamentos e infraestrutura de classe mundial e é uma escola modelo", afirma Nando Ramos, diretor geral.

O bairro foi escolhido estrategicamente. "Moema está em uma área muito bem localizada, possui alta densidade populacional e comercial, grandes escolas, estúdios de música e salas de concerto, entre outros atributos. A predominância de moradores de classe média e alta também é um fator que pesou na escolha", conta Ramos.

A capacidade total da nova unidade é de atender em torno de 650 alunos. O diferencial principal dessa escola de música é o foco no desempenho do aluno no palco. "Nós misturamos aulas individuais com uma experiência rica no palco, que é muito específica da School of Rock, e não há nada semelhante no nosso mercado. Nossa metodologia ajuda os alunos não só a tocar música, mas também para desenvolver trabalho em equipe, capacidade de liderança, perder o medo de se apresentar em público", explica o diretor.

A School of Rock foi fundada em 1998 nos Estados Unidos. Hoje conta com 113 unidades naquele país e outras sete no Canadá, México, Reino Unido, Filipinas, Chile e Brasil, além de um projeto piloto em desenvolvimento na Austrália. No total, atende cerca de 15 mil alunos.

Filme. A marca School of Rock ganhou fama mundial por causa do filme, com mesmo nome, lançado nos Estados Unidos e estrelado por Jack Black. O roteiro da história, inspirada na escola de música, mostrava um músico falido que fazia se passar por seu amigo professor para ensinar alunos de uma escola fundamental. Como não sabia nada a respeito de matemática, geografia ou história, Black passou a ensinar música aos meninos e meninas.

 

Leia também:

Franquia da Escola do Rock inaugura unidade no Brasil

Tudo o que sabemos sobre:
escola do rockeducaçãomúsica

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.