Entre as 10 cidades mais empreendedoras do País, 6 estão no interior, revela estudo

Entre as 10 cidades mais empreendedoras do País, 6 estão no interior, revela estudo

Levantamento realizado pela Endeavor, coloca São Paulo na topo da lista, seguida por Florianópolis pelo segundo ano consecultivo

Vivian Codogno, O Estado de S.Paulo

17 de novembro de 2016 | 12h05

Entre as dez cidades brasileiras mais favoráveis ao empreendedorismo, seis estão no interior dos Estados. O Índice de Cidades Empreendedoras (ICE) divulgado hoje pela organização de fomento Endeavor mostra, ainda, São Paulo estavel no topo da lista, seguida por Florianópolis, pelo segundo ano consecutivo. Campinas, Joinville, São José dos Campos, Sorocaba, Maringá e Ribeirão Preto passaram, neste ano, a figurar entre os dez destinos mais favoráveis à abertura de novas empresas.

O levantamento, realizado desde 2014, leva em consideração sete pilares: ambiente regulatório, infraestrutura, mercado, acesso a capital, inovação, capital humano e cultura empreendedora em 32 cidades brasileiras pesquisadas.

"As cidades do interior estão se fortalecendo", comenta o diretor geral da Endeavor e responsável pela pesquisa Juliano Seabra. "Até ano passado, essas cidades nem apareciam entre as dez melhores. Temos aí um grande avanço principalmente no ambiente regulatório desses lugares", avalia.

Para Seabra, cidades como Ribeirão Preto e São José dos Campos vêm fomentando a inovação com base na tradição industrial das regiões onde estão localizadas. "Vai ser interessante observar a movimentação nessas cidades nos próximos dois ou três anos. Muita coisa deve acontecer no sentido de ambiente propício ao empreendedor", pontua.

A forte presença de fontes de financiamento ajuda a fazer de São Paulo a melhor cidade do Brasil para empreendedores, pontua o estudo. Porém, aspectos como percepção de mercado e inovação têm fomentado o avanço das cidades menores.

"Não é um resultado óbvio", pondera Seabra. "Porém, o estado de São Paulo segue sendo o principal hub logístico do Brasil, isso ajuda todas as cidades paulistas avaliadas a aparecerem no ranking", analisa.

Quedas. O índice conseguiu identificar, também, o reflexo da crise econômica no ecossistema empreendedor de cidades como Vitória e Recife. Ambas caíram duas posições no ranking e a capital pernambucana deixou de figurar os dez primeiros lugares. "São cidades que aproveitaram melhor parcerias com o governo federal e receberam muitos recursos. Agora, esse capital escasseou", analisa Seabra. 

Veja abaixo a lista completa com as dez cidades mais empreendedoras do Brasil:

1º - São Paulo

2º - Florianópolis

3º - Campinas

4º - Joinville

5º - Vitória

6º - São José dos Campos

7º - Porto Alegre

8º - Sorocaba

9º - Maringá

10º - Ribeirão Preto

Tudo o que sabemos sobre:
Empreendedorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.