Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Encontro PME debate nesta terça-feira o mercado de moda no Brasil

O evento vai contar com a participação de estilistas, comerciantes, estudantes e experientes empreendedores do setor

Estadão PME,

03 de junho de 2014 | 07h07

Dados do Pyxis Consumo, ferramenta do Ibope Inteligência, mostram que os brasileiros devem gastar R$ 138 bilhões com vestuário este ano – o desembolso médio será de R$ 810,14 por pessoa, 3% a mais que o registrado no ano passado. Os números revelam o potencial para quem pensa em empreender com moda, embora a tarefa não seja das mais fáceis.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

É preciso ser criativo e ter – ou contar com a parceria de quem tenha – visão de negócios. Outro desafio: manter-se relevante em um segmento extremamente competitivo. Para ajudar quem já empreende no setor a chegar lá, ou até mesmo orientar quem pensa em começar agora, o Estadão PME realiza nesta terça-feira, 3, no Shopping Bourbon, em São Paulo, a 9ª edição do Encontro PME.

O primeiro módulo do evento pretende mostrar novos negócios no segmento e contará com a participação do site OQVestir, loja online de roupas e acessórios que se prepara para romper a casa dos R$ 100 milhões de faturamento anual em 2015. Outro e-commerce que vai contar a sua história é o Dress & Go, que aluga vestidos de grife e faturou R$ 800 mil no primeiro ano de atividade.

O módulo ainda vai detalhar a proposta da empresária Samantha Fasolari, que acaba de investir R$ 400 mil para colocar no mercado a Noiva nas Nuvens, loja online para a consumidora que não quer pagar o preço das lojas chiques, mas também não pretende acessar as opções populares. O segundo módulo apresenta o caso de empreendedores que apostaram no mercado de camisetas diferentes.

Uma dessas empresas é o site Humor Chique, que fatura R$ 2 milhões com itens que remetem ao humor. Participa desse módulo também, a loja It's Only Rock'n Roll, fundada por duas irmãs e seus respectivos maridos, todos apaixonados pelo rock'n roll.

A terceira etapa do encontro pretende apresentar oportunidades para estilistas e para quem deseja trabalhar com esses profissionais. Participam Cecilia Prado e Lourenço Bartholomei, diretor comercial da marca, Amir Slama, criador da Rosa Chá, e o presidente da Associação Brasileira de Estilistas (Abest), Roberto Davidowicz.

De acordo com ele, o setor está crescendo e o momento é bom para empreender. Mesmo assim, o especialista alerta: o segmento tem poucas barreiras de entrada, mas é difícil se manter.

A 9ª edição do Encontro PME ainda apresentará a trajetória de dois empreendedores de sucesso – participam Anderson Birman, fundador da Arezzo, e Tito Bessa Jr., criador da marca TNG.

O momento dos dois empresários é bem diferente. Anderson deixou recentemente o comando da empresa e hoje é o presidente do conselho administrativo. A rotina de Tito é completamente oposta. O empreendedor aposta, nos próximos anos, em uma forte expansão.

Tito acredita haver espaço para 450 lojas (hoje são 178 unidades) e quer fazer a marca chegar em até 1,5 mil pontos de venda multimarcas. A estratégia que ele pretende adotar para chegar lá? Bem, isso Tito promete contar apenas daqui a pouco, durante no Encontro PME.

Tudo o que sabemos sobre:
Estadão PMEEncontro PMEmoda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.