Divulgação
Divulgação

Empresárias criam acessórios que transformam capacetes para crianças em itens descolados

Iniciativa de empreendedoras norte-americana ajuda a entender como observar o cotidiano pode ser um bom negócio

ESTADÃO PME,

16 de maio de 2012 | 12h58

 Tudo começou com a recusa de Alex, filho de seis anos da empreendora Jocelyn Fine, em colocar o capacete que costumava usar para andar de bicicleta. O motivo? Ele simplesmente não o achava legal. Acontece que o dilema transformou-se em uma pequena empresa - a Fohawx, que especializou-se em produzir acessórios para capacetes normalmente usados por crianças.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O lema da empresa é produzir 'Acessórios com Atitude. E ao que tudo indica, Jocelyn e sua sócia, Kelly Dingen, estão obtendo sucesso. A empresa já conta com cinco acessórios diferentes à venda no site da empresa. Os modelos imitam principalmente penteados como o moicano e o dred - sempre em cores fortes e vibrantes. os acessórios custam US$ 19,99.

O negócio comandado por Jocelyn e Kelly pode trazer dicas importantes para pessoas que pensam em abrir uma pequena empresa no Brasil atualmente. O aspecto mais interessante é que a dupla de empreendedoras identificou uma oportunidade a partir da observação de um problema real: a insistência das crianças em recusar itens de segurança quando andam de bicicleta ou skate.

Ainda é cedo para descobrir se a empresa vai decolar, mas a organização do site em que os produtos são vendidos sugere que o negócio pode conquistar cada vez mais adeptos.

Confira um vídeo onde o produto é apresentado para potenciais consumidores:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.