Reprodução internet
Reprodução internet

Empresária que fabricou vestido alvo de discussão na web revela quais são suas cores

Empreendedora demonstra surpresa e alegria com a repercussão dos últimos dias

ESTADÃO PME,

27 de fevereiro de 2015 | 11h16

 Poucas vezes a internet experimentou uma discussão tão...diferente. O simples questionamento a respeito das cores de um vestido - azul e preto ou branco e dourado ? - no Tumblr, potencializado pelo Buzzfeed, tomou de assalto a internet desde a última quinta-feira, dia 26. A 'polêmica' também transformou a vida de Michelle Bastock, diretora de moda da pequena empresa inglesa responsável por produzir o vestido. "Eu posso oficialmente confirmar que a cor do vestido é azul royal com ornamentos pretos", afirmou Bastock em entrevista ao canal CNN Money.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

Mesmo assim, Michelle Bastock afirmou que pretende agora produzir uma versão branca e dourada do vestido, mas que ela vai demorar pelo menos seis meses para estar disponível para as interessadas. A empresária, que vende seus produtos também na internet e, segundo a CNN, tem mais de 100 lojas espalhadas pelo Reino Unido, disse que todos na companhia estão surpresos e realmente muito felizes com a repercussão.

::: Leia também :::

Assunto vira meme na internet com repercussão

Polêmica da cor do vestido traz à tona debate sobre percepção da realidade

O real mistério do vestido é: porque raios ele fez tanto sucesso assim

O vestido centro da maior polêmica da internet nas últimas semana custa no site da companhia 50 libras. Pela cotação desta sexta-feira, dia 27, o vestido sairia por R$ 220 aproximadamente.

O que fazer? O caso envolvendo a empreendedora Michelle Bastock não é comum, mas está longe de ser único. E mostra exatamente o que pode acontecer com uma empresa pequena, ou até mesmo de médio porte, da noite para o dia com o poder das redes sociais e da internet. Todo empresário sonha em ter o seu produto sendo discutido literalmente em todo mundo.

Mas a pergunta que Michele está se fazendo, e que todo o empreendedor deveria se fazer, é: o que fazer a partir de agora? Michele dá pelo menos uma pista - vai vender a versão branca e dourada. Mas só esses dois itens não será suficientes para mante a loja em evidência quando toda essa discussão acabar. Buscar o sucesso contínuo e não apenas o super sucesso de alguns dias deve ser o objetivo de todo o empresário.

Para pensar. Também temos de ficar atentos aos desdobramentos dessa história. Ninguém vai mais ficar surpreso se, daqui a alguns dias, alguma marca - daquelas bem grandes - apresentar uma campanha de marketing gigantesca que começava, justamente, com a polêmica do vestido.

 

Tudo o que sabemos sobre:
THE DRESSVESTIDO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.