Divulgação
Divulgação

Empresa se especializa até em turismo por docerias de SP; confira essa e outras três boas ideias

Conheça os empreendedores que atendem a quem busca por experiências diferentes ou específicas

Estadão PME,

08 de novembro de 2013 | 07h20

Conhecer os bastidores de um jogo de futebol do Barcelona, passear na Espanha em um ônibus que também é restaurante ou conhecer docerias diferenciadas e bairros de São Paulo, incluindo suas atrações gastronômicas são produtos que pequenos negócios oferecem no segmento de turismo. Essas empresas aproveitam as oportunidades de se diferenciarem por meio de seus serviços.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Esporte. A empresa paulistana Fanato Esporte e Turismo leva turistas para assistir ao jogo do Barcelona contra o Real Madri na Espanha, conhecer as dependências do estádio e até mesmo jantar com os jogadores. O pacote pode incluir ainda bater pênaltis no goleiro do time e uma sessão de fotos e autógrafos com atletas. Tênis, automobilismo, rugby, futebol americano, maratonas, beisebol, golfe e lutas de MMA também estão no portfólio da operadora, que faturou R$ 3 milhões no ano passado e informa que espera crescer 13% neste ano.

::: Leia também :::

Turismo médico é mercado de R$ 3 bilhões

Sebrae organiza curso sobre turismo

Empresa leva turista ao jogo do Barcelona

"Fizemos muita pesquisa e identificamos que outras empresas faziam isso lá fora, mas não aqui no Brasil", diz Juliane Passeri, que se formou em turismo na Universidade de São Paulo junto com seu sócio Raphel Santana. Eles abriram o negócio em 2009.

Centro. Outros empreendedores que começaram a apostar em passeios diferenciados são os sócios Luís Paulo Simardi e Shirley Dany. Eles criaram a Giro in Sampa, que realiza um free walking tour (passeio a pé) aos domingos pelo centro histórico da capital paulista. E os participantes pagam quanto eles acham que o passeio valeu. A empresa também promove visitas alternativas, pelo bairro do Pari por exemplo, com direito a conhecer restaurantes. "Queremos desvendar uma São Paulo que não está em evidência aos olhos", diz Simardi.

Doces. Casas especializadas em doces são o foco de um grupo de jovens empreendedores que já tinham criado um circuito de visitação a bares e casas noturnas paulistanas. No começo deste semestre, eles lançaram um passeio batizado de Sweet Flavour Tour. A atração custa R$ 44 e reúne grupos diários de no máximo 15 pessoas. Eles passam por seis pequenas docerias distribuídas em um raio de 2,2 quilômetros, entre a rua Capote Valente e a Alameda Tietê. Um roteiro que é cumprido ao longo de três horas. Visitam empreendimentos especialistas em doce gourmet.

"A gente tem essa ideia de investir em passeios para turistas brasileiros e estrangeiros em São Paulo. Há mais ou menos seis meses, percebemos que a cidade está se organizando no cenário de restaurante e lanchonete gourmet. Mas faltava algo para as sobremesas. Foi aí que decidimos atuar", conta o economista coreano Kyu Shim, que largou um emprego no mercado financeiro para investir nesse projeto com outros três sócios.

Espanha. A empreendedora Julià Travel também dá o exemplo de que esse tipo de negócio pode ser promissor. Ela criou uma empresa especializada em turismo receptivo em Barcelona, na Espanha. Trata-se de um ônibus especial e tecnológico (com computadores nas mesas que ficam na frente das poltronas) para os turistas visualizarem as paisagens e conhecerem pontos turísticos enquanto também degustam opções do menu, composto de entrada, prato principal e sobremesa, servidos com champanhe, vinho, cerveja, água ou refrigerante. O Gourmet Bus oferece o passeio e o cardápio desenvolvido por um chef de cozinha, Carles Gaig.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.