Divulgação
Divulgação

Empresa japonesa aposta na primeira armação para óculos que pode ser customizada pelo cliente

Dobradiças magnéticas são removidas facilmente e sistema permite ao usuário trocar as hastes conforme seu gosto

ESTADÃO PME,

06 de maio de 2014 | 13h12

 Usar óculos é uma necessidade médica. Mas tornou-se também, com o passar do tempo, um acessório que antes de mais nada revela um pouco da personalidade de cada pessoa. O problema é que custa caro expressar essa personalidade - as armações são caras e, por isso, quem usa óculos costuma permanecer com o mesmo par por muitos e muitos anos.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Uma empresa japonesa chamada Nendo pretende mudar essa realidade. O negócio desenvolveu uma armação - a primeira que se tem notícia até hoje - que permite ao usuário mudar essas hastes conforme seu gosto. Isso é possível graças ao sistema de dobradiças magnéticas. É esse sistema que permite a remoção, sem maiores problemas, da haste em relação a parte onde estão emolduras das lentes.

Mas além desse apelo, há outro. E tão poderoso quanto para as vendas. Ao criar um sistema de dobradiças magnéticas, a empresa japonesa reduz consideravelmente as trocas das armações por quebras - e quem usa óculos sabe: isso ocorre bem mais do que deveria!

Tudo o que sabemos sobre:
óculos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.