Produto é vendido por US$ 29 durante a campanha na internet
Produto é vendido por US$ 29 durante a campanha na internet

Empresa cria case para proteger a escova de dentes de germes e bactérias

Brushield foi lançado em campanha de financiamento coletivo na internet

Estadão PME,

13 de janeiro de 2016 | 06h56

Você coloca sua escova de dentes na boca pelo menos duas vezes por dia, mas já pensou sobre o que está escondido nela? É com essa pergunta que uma empresa norte-americana questiona o usuário para convencê-lo sobre a importância do seu produto: um case para proteger sua escova de dentes.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

A empresa cita um estudo que aponta que 60% das escovas estavam contaminadas com coliformes fecais. Isso porque as gotículas de água que saem do vaso sanitário podem conter bactérias, vírus e parasitas, que podem levar a doenças.

Para piorar, a escova ainda favorece a proliferação dos germes mais rápido porque trata-se de um ambiente úmido. Diante dessa situação, a empresa criou um produto chamado Brushield, feito de prata, com tecnologia antimicrobiana.

O porta escova de dentes tem aberturas para secar a escova e evita a contaminação cruzada caso a escova seja guardada com outra escova que pode estar contaminada. O projeto do Brushield foi lançado no site de financiamento coletivo Kickstarter com uma meta inicial de US$ 3 mil, que já foi batida.

A 35 dias do fim da campanha, 507 pessoas contribuíram com US$ 25 mil. No momento, o produto é vendido por US$ 29, US$ 6 a menos que o preço de varejo, e tem previsão de entrega em abril.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.