Empreendedora começou negócio de turbantes com temática negra com apenas R$ 150

Segundo Michelle Fernandes, da Boutique de Krioula, quem quer empreender não consegue ficar preso no escritório

Daniel Fernandes, Estadão PME,

12 de maio de 2014 | 06h56

A Boutique de Krioula foi criada em 2012 após a empreendedora Michelle Fernandes perder o emprego. Ela investiu apenas R$ 150 para começar o negócio de vendas de turbantes e contou sua história na edição de sábado (10) do Estadão PME Entrevista. O programa é veiculado uma vez por semana na Rádio Estadão.

1º BLOCO

Michelle contou sobre a ideia e o início dos negócios na internet. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

2º BLOCO

A empresária falou sobre investimentos e o uso de recursos próprios para expandir a empresa. (Clique na imagem para ouvir a entrevista)

:: OUÇA TAMBÉM ::

Aposta agora é no churro gourmet

 

Os desafios de um novo negócio de moda na internet 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.