Reprodução TV
Reprodução TV

Empreendedora chinesa presa e separada da família aos 8 anos conta sua trajetória em livro

Selo da Companhia das Letras lança agora no País A Teoria do Bambu, que narra a história da empresária Ping Fu

ESTADÃO PME,

12 de junho de 2013 | 18h20

 A Portfolio Penguin, selo de economia e negócios da editora Companhia das Letras, lança no Brasil um livro que vale a pena ler se você é empreendedor. E mesmo se não for. A Teoria do Bambu relata a trajetória de Ping Fu, que nasceu na China, mas foi deportada para os Estados Unidos ainda jovem e, mesmo falando apenas três palavras em inglês, criou uma das empresas mais inovadoras do mundo.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Ping Fu nasceu em Nanjing em 1958, véspera da Revolução Cultural que mudaria para sempre a potência asiática. E a trajetória de vida da empreendedora foi mesmo dramática. Ping Fu tornou-se presa política, foi espancada e estuprada apenas por ser oriunda de uma família de classe média. Aos 25 anos, acabou deportada para os Estados Unidos.

Naquele país, o sofrimento estava longe de acabar. A chinesa falava quase nada do idioma e trabalhou muito como faxineira e garçonete para reunir condições de melhorar de vida - melhora que ocorreria a partir do momento em que ingressou na Universidade da Califórnia. Lá, ela graduou-se em ciência da computação.

A partir daí, a vida de Ping Fu realmente mudou. Ela trabalhou na Bell Labs, na Resource Systems Group e, em 1996, fundou a Geomatic. A empresa fornece softwares 3D para a criação de modelos digitais de objetos reais.

A trajetória da empreendedora vale a pena como inspiração para pessoas que iniciam ou já administram seus próprios negócios - as inúmeras dificuldades que Ping Fu precisou superar nos indicam que a jornada pode não ser fácil, mas sempre é possível alcançar seus objetivos. 

E o importante, é não esmorecer. '...papai caminhou até um bosque de bambus. "Este é o terceiro amigo do inverno. O bambu é flexível: dobra com o vento, mas nunca quebra, pois é capaz de se adaptar a qualquer circunstância. É sinal de resiliência. Significa que somos capazes de nos recuperar dos momentos mais difíceis"', escreve Ping Fu em trecho da obra. Precisa escrever mais?

A Teoria do Bambu

Tradução de André Fontenelle

272 páginas

R$ 39,90

Tudo o que sabemos sobre:
estantepme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.