Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Empreendedor faz peças de decoração com alumínio reciclado

Márcio Menezes resolveu continuar a tradição da família de trabalhar com o material, mas resolveu investir em outras peças

ESTADÃO PME,

13 de agosto de 2013 | 06h31

Há três gerações o alumínio reciclado ajuda no sustento da família do empreendedor Márcio Ângelo Soares Menezes. Mas ao contrário do avô e do pai que se restringiram aos utensílios domésticos, Márcio resolveu apostar em peças decorativas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Ele legalizou sua empresa, a Alumárcio, há cinco anos e participou pela segunda vez da feira Piauí Sampa, que terminou no domingo, 11, em São Paulo. A empresa também faz parte do projeto Identidade Local, coordenado pelo estilista Walter Rodrigues.

O empresário utiliza a matéria-prima tirada do lixo: panelas, peças automotivas e sobras de outros objetos. Só não utiliza latinhas de refrigerante a cerveja. E aproveita o material para fazer peças como estrelas, folhas, animais e pessoas. As peças variam de uma tartaruga de R$ 9 até um centro de mesa de R$ 350, por exemplo. "È um trabalho artesanal", diz Márcio, que espera faturar R$ 100 mil em 2013.

:: Veja também ::

Caju garante R$ 3 milhões de faturamento para empresário do Piauí

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.