Agência Sebrae
Agência Sebrae

Empreendedor faz amplificador valvulado que caiu no gosto até de ex-músico da Legião Urbana

Neilton Carvalho costuma dizer que sua empresa faz artesanato sonoro

ESTADÃO PME,

07 de novembro de 2012 | 16h20

 Neilton Carvalho adora música, é músico em Pernambuco, mas enfrentava um problema comum a muitas pessoas. Não tinha dinheiro para comprar seus equipamentos. Da necessidade surgiu um negócio: construir amplificadores para guitarras com válvulas, algo não muito comum nos dias de hoje.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Da necessidade veio o sucesso. Os amplificadores construídos por Neilton, em parceria com outros dois músicos - Adriano Leão e Gilson Gerrard -, ganharam o País e conquistaram músicos como Dado Villa-Lobos, ex-guitarrista da Legião Urbana.

"A válvula é um equipamento obsoleto, mas em áudio ela nunca parou de ser utilizada por conta do espectro sonoro que consegue reproduzir", explicou Neilton em matéria publicada pela Agência Sebrae de Notícias.

A empresa que produz os amplificadores chama-se Altovolts e começa agora a deixar a informalidade. "As pessoas começaram a perguntar que marca era aquela, mas a gente não tinha uma marca. O equipamento era adaptado de sucata", afirmou o empreendedor.

A produção ainda é pequena, quase artesanal. São produzidas até duas peças por mês e isso faz com que os interessados precisem encarar uma fila de espera que oscila entre dois e três meses. "A gente não faz cópia nem clone. Cada peça é otimizada para o músico que está encomendando. É uma coisa feita à mão. Cada amplificador é único e nenhum soa como o outro", afirma Neilton para relevar em seguida: "Costumamos dizer que fazemos artesanato sonoro."

Veja e escute o amplificador em ação:

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.