Divulgação
Divulgação

Em série de entrevistas ao vivo, Estadão PME debate o futuro do empreendedorismo

De 04 a 08 de dezembro na TV Estadão, sempre às 13h, donos de negócios e jovens empreendedores falam de suas trajetórias e tentam clarear o que chega para o segmento da inovação a partir de 2018

Estadão PME, O Estado de S.Paulo

01 de dezembro de 2017 | 16h20

Para onde apontam os caminhos dos novos negócios no Brasil? Na semana de 04 a 08 de dezembro, o Estadão PME investiga, por meio de uma série de entrevistas ao vivo na TV Estadão, o que o futuro reserva para o empreendedorismo.

Com presença e curadoria de Marcelo Nakagawa, professor do Insper e blogueiro da casa, as conversas com empreendedores de diferentes segmentos serão mediadas por Daniel Fernandes, editor de suplementos do Estadão, e acontecem sempre às 13h. Todas elas serão transmitidas ao vivo pelo Facebook do Estadão PME.

Na segunda-feira (04), a série tem início com a presença de Manoela Meroti, de nove anos, que fala sobre sua jovem trajetória de empreendedora e antecipa um pouco de sua palestra na Campus Party 2018, "Empreender é para qualquer idade".

Na terça (05) é a vez de Mariano Gomide de Faria, fundador e co-CEO da Vtex, empresa de destaque no segmento de e-commerce SaaS (Software as a Service). Quarta (06) quem marca presença no estúdio é João Gabriel Alkmim, que fala sobre a trajetória da Vitta, referência no mercado de gestão de clínicas de saúde.

O convidado de quinta (07) é Leo Spigariol, um dos fundadores da De Cabrón e diretor de novos negócios da West Co. Alimentos. E fechando a semana, na sexta (08), Lucy Onodera conta como administra uma das clínicas estéticas mais consolidadas do País, a Onodera.

Blog do Empreendedor. Além de participar da série de entrevistas na TV Estadão, o professor Nakagawa segue com sua série de textos especiais sobre empreendedorismo em seu blog durante esta semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.