Economia e agilidade nas saídas

Economia e agilidade nas saídas

PMEs têm acesso a plataformas corporativas recém-atualizadas

Nathalia Molina, Especial para o Estado

30 de julho de 2018 | 22h33

Maior controle de gastos e economia em relação a boletos ou frota própria são benefícios para PMEs que usam aplicativos de transporte. Uber e 99 têm canais corporativos e investem em atualizações para empresas de todo porte. Nesta categoria, serviços são o critério mais valorizado na escolha de uma fornecedora, segundo 52% das PMEs, que observam qualidade, portfólio e agilidade. Para Philip Chaves, head da Uber for Business para a América Latina, a marca está associada a inovação, rapidez e eficiência. “Nosso serviço reforça a ideia de acesso, em vez de posse, além de pôr a administração ao toque de um botão”, diz Chaves.

Nesta pesquisa, a Uber subiu 2 pontos e alcançou 80 em satisfação. Já a 99, que em 2017 empatou com a Uber em primeiro, desceu 29 pontos e ficou em segundo. Em janeiro, a companhia migrou seu aplicativo para uma nova plataforma. A empresa informa que, desde então, vem investindo em busca de estabilidade e inovação no aplicativo e na plataforma de gestão.

Uber tem nova versão customizável

Uma nova versão da Uber para Empresas foi lançada em agosto de 2017. “Possibilita que qualquer tamanho de organização possa utilizá-la”, diz Philip Chaves, head de Uber for Business para a América Latina.

O painel do programa foi redesenhado para facilitar a configuração de usuários e deslocamentos. Outras funcionalidades são a customização do uso e o acesso a serviços para cada grupo. O empresário pode definir, por exemplo, o tipo de carro que o funcionário pode usar e o valor subsidiado da viagem. Os gestores podem ainda pedir carros para clientes da empresa.

No Brasil, o U4B foi lançado em 2014, quando a Uber chegou ao País. Atualmente a empresa conecta 500 mil motoristas a 20 milhões de usuários. “Mais da metade do nosso portfólio é de pequenas e médias empresas, embora isso não necessariamente se reflita dessa forma no nosso faturamento.”

O Uber Eats, braço voltado para o setor de alimentação, também pretende ser um parceiro para pequenos e médios. “Quem entra na plataforma ganha consultoria sobre ingredientes que funcionam no delivery e sobre embalagens. E recebe uma sessão de fotos para retratar a marca”, diz Chaves.

Canal com cadastro fácil na 99

Para atender as PMEs, a 99 lançou em março deste ano o canal Self Service. A empresa informa que o cadastro é intuitivo e automatizado. Para se registrar, pequenos e médios não precisam de comprovante ou contrato físico.

Dos clientes cadastrados, 90% são PMEs e a companhia projeta que o segmento continuará puxando seu crescimento corporativo, que em 2017 foi de 229%. No País, a 99 atende 14 mil empresas.

Para isso, a 99 aposta na economia que o serviço proporciona – até 40% em relação à frota própria e 45% comparada ao reembolso, segundo informações da empresa.

O aplicativo permite estabelecer regras de uso e controle de gastos. A 99 informa ter a solução mais completa do mercado pois oferece tanto táxis, que ganham tempo nos corredores de ônibus, quanto carros particulares para empresas que buscam redução de gastos.

Em segundo lugar no ranking de objeto de desejo (7%), a companhia investe em marketing na internet, canais específicos e influenciadores, além de divulgar experiências de seus clientes. O blog do site corporativo mostra os benefícios do serviço e traz dicas de economia, gestão e inovação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.