Marta/Reprodução
Marta/Reprodução

E se o banheiro público fosse limpo de forma automática, você o usaria sem receios?

Espaço do futuro foi instalado como teste em Atlanta

Estadão PME,

02 de março de 2015 | 14h58

Atlanta quer mudar aquela imagem que as pessoas têm de banheiros públicos, considerados sujos e alvos de vandalismo. A empresa Public Facilities & Services instalou na estação de metrô um 'banheiro do futuro" que é limpo automaticamente após o uso. A instalação foi feita como um teste e pode ganhar mais unidades no futuro.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

"Este é um banheiro do futuro", afirmou, ao site Fast Company, Louis Herrera, presidente da empresa responsável pela instalação do banheiro. Do futuro porque o banheiro informatiza as atividades que são feitas manualmente. Ele é limpo automaticamente com o uso de um spray antibacteriano e usa jatos de alta pressão para lavar a sujeira nas paredes. Um secador gigante e o piso aquecido ajudam a secar o espaço. A limpeza pode ser programada depois de um certo número de utilizações.

O usuário do banheiro ainda conta com a tecnologia na hora de usar o local. Ele só precisa passar a mão na frente do rolo de papel higiênico para as folhas deslizarem automaticamente. A pia também tem sensores para o sabão e a torneira. Uma espécie de "atendente virtual" também ajuda a monitorar o uso do local para não deixar uma pessoa ficar lá por mais de dez minutos.

Tudo o que sabemos sobre:
banheirometrôtecnologiaestadão pme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.