Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

Dólar fecha a semana a R$ 1,732 e acumula queda de 8% em outubro

Em 2011, entretanto, a moeda norte-americana acumula alta de 4%

agência estado,

14 de outubro de 2011 | 17h10

O dólar encerrou a sexta-feira em queda de 1,09%, cotado a R$ 1,7320. Na mínima do dia, a moeda foi a R$ 1,7280, enquanto na máxima atingiu R$ 1,7430. A divisa já acumula queda de 7,87% em outubro, mas tem valorização de 4,09% em 2011. Nos minutos finais do pregão, a Bovespa acelera a alta e opera com ganho de 0,84%, retomando o patamar dos 55 mil pontos.

Para um operador ouvido mais cedo pela Agência Estado, a força do real nesta sexta-feira está atrelada, em boa parte, à recuperação das commodities (matérias-primas). A melhora do cenário externo também contribuiu para esta trajetória.

O fôlego dos mercados é reflexo de um noticiário sem grandes novidades, já que as soluções para a Europa continuam sendo só expectativas. As de hoje recaem sobre o resultado do encontro dos ministros de Finanças dos países do G-20, que acontece hoje e amanhã, em Paris.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

O novo assunto em pauta é o fortalecimento financeiro do Fundo Monetário Internacional (FMI). Embora já tenha líderes avisando que as discussões estão só começando, os mercados usam-se disso para evitar perdas nesta sexta-feira. E esquecem-se do rebaixamento da classificação de risco da Espanha pela S&P, ocorrido ontem.

A isso somam-se os indicadores da economia dos EUA, mais especificamente o dado de vendas ao varejo, que mostrou alta de 1,1%, acima da expansão de 0,8% estimada.

::: LEIA TAMBÉM :::

:: Calculadora: saiba o valor do real agora ::

Tudo o que sabemos sobre:
DólarBovespa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.