Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Dispositivo transforma qualquer superfície em telas digitais que interagem com celulares

Smartmaker faz leitura de conteúdo escritos em espaços de até cinco metros

Estadão PME,

11 de março de 2015 | 07h20

Mais do que economia de papel, as lousas inteligentes estão se transformando em grandes superfícies digitais. Depois das lousas que digitalizam o conteúdo inserido nelas para que possam ser editados e compartilhados entre usuários, a indústria agora criou um aparelho que faz a leitura do conteúdo de lousas normais, ou qualquer outra superfície, e o digitaliza.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A vantagem do Smartmaker, criado pela empresa Equil, é que ele aumenta a área util das apresentações. O que com as lousas inteligentes ficava restrito apenas a sua área útil, com o aparelho qualquer superfície lisa que tenha até 5 metros de largura.

O dispositivo consiste em um suporte para caneta e um sensor. O usuário o posiciona sobre a superfície onde será feita a apresentação e ele faz a leitura dos movimentos da caneta ao longo do espaço de leitura digital. O conteúdo pode ser compartilhado em tempo real com dispositivos móveis conectados por meio de um aplicativo disponível na Apple Store e na Google Store. 


Tudo o que sabemos sobre:
EmpreendedorismoNegóciosGadgets

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.