Reprodução
Reprodução

Dispositivo transforma bicicletas em 'smartbikes' e até carrega o celular

Projeto COBI permite interação entre o usuário, o veículo e o celular

Estadão PME,

04 de dezembro de 2014 | 17h10

O "tuning" é um processo de personalização de carros que ficou bastante conhecido no Brasil nos últimos anos, sobretudo depois do lançamento da série Velozes & Furiosos no país, estrelada por Vin Diesel e Paul Walker. A popularização dos smartphones, contudo, tem levado uma espécie de tuning digital também para o universo das bicicletas.

 ::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A empresa alemã iCradle registrou no site de financiamento coletivo Kickstarter o projeto COBI, um pacote de gadgets de interação entre o usuário, o veículo e o celular. É composto por uma base que serve tanto como sistema de iluminação quanto de carregador de bateria do smartphone, um controle manual de comando e uma lanterna de freio sem fio.

Além deste pacote de hardware, o COBI tem também um aplicativo que traz funções de GPS, música e registro de performance da corrida ou passeio. "Minha paixão por design, tecnologia e esportes me inspiraram a fundar esta empresa e combinar tudo isso em um só produto", diz Andreas Gahlert, presidente da companhia.

Até o momento, o COBI recebeu US$ 36 mil de doadores na internet e precisa chegar a US$ 100 mil para que sua comercialização seja iniciada.

Tudo o que sabemos sobre:
Bicicletasmartphoneaplicativo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.