Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Dia das Mães: consumidoras devem gastar até R$ 99 com presentes

Pesquisa do Sebrae-SP aponta que preferência para compras no varejo é por roupas e cosméticos; mulher de 40 a 59 anos são os maiores compradores; veja dicas de como vender mais

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de maio de 2021 | 18h04

O Dia das Mães é a melhor data para o comércio depois do Natal. Com o objetivo de direcionar pequenos empreendedores, o Sebrae-SP realizou um levantamento entre os dias 17 e 23 de abril deste ano, com 670 pessoas físicas de São Paulo, que indica que o perfil comprador para a data é composto majoritariamente por mulheres com filhos, de 40 a 59 anos, dispostas a gastar até R$ 99 em itens de vestuário, cosméticos e flores.

Segundo a pesquisa, as mulheres compõem 55,6% dos entrevistados que disseram optar por um pequeno negócio para comprar para o Dia das Mães. Entre elas, 41,5% têm entre 40 e 59 anos; 64,7% têm filhos; e 36,7% vão desembolsar no máximo R$ 99, quantia menor do que o ano anterior para 45,3% delas. 

Ainda sobre o perfil dos compradores, segundo o Sebrae, a maioria dos que consomem de pequenos negócios vivem no interior do Estado de São Paulo, 56,9%, e são das classes C, D e E. A pesquisa ouviu 670 pessoas físicas do Estado por e-mail, de 17 a 23 de abril.

Como opções de compra, 37% das consumidoras optam por roupas, calçados, cosméticos e perfumes de pequenos negócios, enquanto 25% escolhem flores. No mais, os clientes de pequenas empresas apresentam mais interesse em promoções e descontos, sendo 27,6% contra 21,6% dos consumidores de grandes lojas.

Como forma de pagamento, a pesquisa aponta que o cartão de crédito é utilizado por mais da metade dos consumidores, tanto daqueles que consomem em pequenos negócios, 51%, quanto de grandes estabelecimentos, 59%. Dentre eles, 67% dos clientes de pequenas empresas escolhem pagar à vista, enquanto este número é de 58% dos compradores das grandes. O parcelamento é opção para 33% do primeiro grupo e 42% do segundo. 

Embora 44% dos clientes de pequenas empresas tenham mais interesse em comprar presencialmente (contra 39% dos consumidores das grandes), a pesquisa mostra que 29% dos compradores de ambos os perfis não pretendem sair de casa nesse dia, usando o serviço de delivery

Para auxiliar os pequenos empreendedores, a consultora do Sebrae-SP Ariadne Mecate orienta o varejista a melhorar a experiência de compra do cliente e, assim, atrair mais público.

Confira as dicas:

  • Monte embalagens diferentes, perfume o cartão e coloque uma mensagem escrita de próprio punho pelo filho para a mãe;
  • Tenha preços e produtos diferenciados, permitindo que pessoas de menor renda (uma boa parcela da população) consigam garantir a lembrancinha da data;

  • Faça uma boa divulgação nas redes sociais, com interação no Instagram e grupos de WhatsApp e Facebook. Fotos e vídeos bem feitos chamam a atenção;

  • Divulgue depoimentos de clientes nesses canais, pois contribui para a imagem da empresa e valida a qualidade do que é vendido ou do serviço prestado. 

Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo. Se quiser apenas receber notícias, participe da nossa lista de distribuição por esse link ou digite @canalsuacarreira na barra de pesquisa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.