Reprodução
Reprodução

Designer inventa roupa para garantir espaço no metrô no horário de pico

Proposta foi apenas um projeto em seminário, mas ideia pode inspirar outros empreendedores

Estadão PME,

25 de novembro de 2013 | 15h24

A designer industrial Siew Ming Cheng participou de um seminário realizado pelo designer de móveis alemão Werner Aisslinger em uma universidade de Cingapura e desenvolveu uma ideia bem diferente durante o evento. Uma espécie de colete com pontas que funciona quase como uma armadura para a pessoa usar enquanto está no metrô. Mas o objetivo principal é que o item ajude o usuário desse meio de transporte a garantir seu espaço dentro do trem, principalmente na hora em que ele está mais cheio.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A proposta do profissional alemão era que os participantes do evento criassem uma solução para um problema diário. Segundo o site da FastCompany, Aisslinger usou um termo japonês, 'chindogu', que significa algo como 'invenção quase inútil' durante o seminário.

Siew Ming apresentou, então, o colete Spike Away. Ela afirma que, em Cingapura – assim como em muitas cidades em todo mundo – os trens ficam lotados no horário de pico e que as pessoas se empurram para entrar no vagão e dentro dele. "A solução é usar um colete cheio de espinhos", diz.

Os alunos tiveram a metade de um dia para reunir materiais e cortar as peças para preparar o produto. A designer correu para uma loja de ferragens e, na seção de jardinagem, encontrou tiras verdes de material plástico flexível e com pontas, um objeto usado para deixar aves e gatos longe das plantas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.