Divulgação
Divulgação

Delivery de hortifruti aposta na meteorologia para garantir qualidade de produtos

Pede Sabor firmou parceria inusitada com o Climatempo; empresa receberá informações do tempo para gerir melhor as compras com fornecedores

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de agosto de 2017 | 12h47

A previsão do tempo é uma das melhores ferramentas para obter uma boa colheita na agricultura. Foi por isso que a Pede Sabores, delivery de hortifrúti fundado há pouco mais de dois meses, fechou uma parceria com a Climatempo para receber, em primeira mão, o prognóstico de safras. 

“Com o prognóstico semanal de condições climáticas aumentamos a assertividade junto aos produtores. Se vai chover na região de São Paulo, posso escolher um fornecedor de folhas, por exemplo, de Guarulhos”, explica Juliano Pontes, um dos sócios do empreendimento.

Fundado por egressos de áreas como tecnologia e comunicação, os sócios investiram R$ 1,5 milhão para dar início a sua operação. Com uma equipe de 16 pessoas, a Pede Sabor pretende atuar não só no e-commerce de frutas, legumes e verduras. A empresa também se posiciona como fornecedora de frutas para outros empreendimentos. 

Atuando em São Paulo, a expansão deve começar em breve. “Vamos começar a atender três áreas da Grande São Paulo. Em breve nossa atuação também vai chegar ao Rio de Janeiro, Minas Gerais e Porto Alegre”, explica Pontes. A parceria com a Climatempo não fica só na entrega de serviços. A Pede Sabores também passa a fornecer semanalmente produtos frescos para atender a cozinha da empresa de meteorologia.

Qualidade. O principal motivo para firmar a parceria com o Climatempo foi assegurar a qualidade dos produtos vendidos. “Temos padrões rígidos de qualidade. Nosso cliente recebe um produto que foi tirado da terra no dia. Tudo é fresco, o que garante uma maior durabilidade na casa do consumidor”, diz o sócio.

As embalagens são outro ponto de atenção do negócio. Além de apropriadas para garantir que o produto chegue em condições perfeitas para consumo, as entregas são feitas em veículos refrigerados. “Entendemos que a experiência de compra tem que ser perfeita. Assim o cliente volta e não se sente enganado. Ainda oferecemos um serviço de assinatura personalizado, onde o cliente pode escolher quando e o que receber em casa”, diz.

Mais conteúdo sobre:
DeliveryMicroempresa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.