Daqui a 12 meses, 60% das novas franquias serão de saúde e de alimentação

Levantamento inédito aponta o estoque de contratos assinados no primeiro trimestre de 2016

Renato Jakitas, O Estado de S.Paulo

07 de julho de 2016 | 05h00

Seis em cada dez franquias que serão abertas no Brasil nos próximos 12 meses vão atuar na área da Saúde, beleza e alimentação. O dado faz parte de um levantamento exclusivo realizado pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) com base no estoque de contratos fechados nos três primeiros meses do ano.

Burguerking

Segundo o levantamento, entre janeiro e março de 2016 foram firmados 5.230 novos contratos de franquia entre as redes associadas da ABF. Desse número, 1.924 (ou 36,2%) foram de empresas nos enquadradas nos setores de esporte, saúde, beleza e lazer. Em segundo lugar, 1.182 contratos foram de negócios na área da alimentação. 

As franquias da área de saúde completam o pódio, com 681 unidades comercializadas e 12,8% do total. 

Esta é a primeira vez que a ABF consegue isolar e tabular esse dados, que representam os contratos fechados de compra de unidade com as redes franqueadores. "Em média, esses contratos obedecem um ciclo de até 1 ano para iniciar a operação", conta Claudio Tieghi, diretor de inteligência de mercado da ABF.

Reforçando a tendência já observadas nos balanços dos anos anteriores, negócios como de aluguel de veículos, hotelaria e turismo são os menos procurados - 1,8% e 2,1%, respectivamente. Esses setores acumulam receita em queda nos últimos dois anos.

"Esse é um levantamento que ainda nos diz pouco sobre o movimento das franquias. Acho que daqui a alguns trimestres poderemos levantar mais dados analisando o estoque de contratos", observa Tieghi.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Franquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.