Rede Social: Contato direto com os clientes

Rede Social: Contato direto com os clientes

WhatsApp lidera índice de satisfação, com Instagram em segundo lugar

Redação, O Estado de São Paulo

29 de agosto de 2019 | 20h12

Com milhões de usuários ativos por mês, as redes sociais são usadas por empresas de todos os tamanhos para divulgar seus produtos e serviços. De acordo com a Facebook Inc., existem hoje no mundo mais de 90 milhões de empresas com página no Facebook e 25 milhões estão no Instagram. Já o WhatsApp conta com mais de 5 milhões de marcas ativas na rede, globalmente. Não por acaso, foram essas as redes sociais mais bem avaliadas na pesquisa deste ano.\

Confira o especial multimídia com os vencedores do Escolha PME 2019

O índice de satisfação dessas fornecedoras, no entanto, vem caindo há dois anos. Com 84 pontos no ano passado, o líder WhatsApp teve queda de 14% no índice e obteve 72 pontos em 2019. Já o Instagram caiu 20% e se manteve na segunda posição, com 61 pontos. Empatado em terceiro lugar com o Youtube, o Facebook alcançou 57 pontos – 11 a menos que em 2018. Uma das explicações é o custo dos anúncios, que vem aumentando para se ter os mesmos resultados de anos atrás.

Redes permitem conexão com marcas

Administradas pela mesma empresa, as redes sociais Instagram, WhatsApp e Facebook investem em ferramentas com funcionalidades distintas para o setor de PMEs. As três seguem também na liderança em objeto de desejo, com 33, 29 e 26 pontos, respectivamente.

No caso do Instagram, segundo a Facebook Inc., uma pesquisa patrocinada pela empresa no ano passado constatou que 73% dos usuários recorrem ao aplicativo por permitir maior conexão com as marcas. “Com isso em mente, temos introduzido ferramentas que facilitam essa interação, como anúncios, perfis de negócios e compras pelo aplicativo”, explicou, em nota, a empresa de Mark Zuckerberg.

Um dos destaques, na avaliação da companhia, são os stories, imagens ou mensagens que aparecem por apenas 24 horas e que estão sendo bastante usadas pelos empresários. “Um dado interessante é que um em cada três stories (das páginas corporativas) resulta em uma mensagem direta dos usuários”, informou a empresa, em nota.

Já o WhatsApp, que só no Brasil tem 120 milhões de usuários, desenvolveu no ano passado um aplicativo próprio para pequenos e médios empresários. “Com o WhatsApp Business, as PMEs podem compartilhar detalhes sobre os negócios, conectar-se com mais eficiência com os clientes e organizar melhor o atendimento, com ferramentas como etiquetas, respostas automáticas e estatísticas de visualização e tempo de resposta”, disse a Facebook Inc., em nota.

A empresa reforça a mensagem da democratização da publicidade. “Com um investimento a partir de R$ 1 por dia, negócios locais conseguem se conectar com seus consumidores, algo que, no passado, era restrito às grandes empresas.”

Anúncio em vídeo ganha espaço

Na edição de 2019 do Escolha PME, o YouTube aparece pela primeira vez entre as melhores redes sociais para empreendedores, empatado em terceiro lugar com o Facebook. “Os anúncios de seis segundos nasceram para ajudar marcas a alcançar mais espectadores em dispositivos móveis. Descobrimos que eles superam expectativas quando se trata de eficácia”, afirma Cauã Taborda, gerente de Comunicação do YouTube para a América Latina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.