Divulgação
Divulgação

Conheça os sete erros mais comuns cometidos no comércio

Levantamento faz parte de pesquisa realizada pelo Sebrae durante o ano passado

OPORTUNIDADES,

17 de julho de 2012 | 18h20

 O Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) aproveita as comemorações pelo Dia do Comerciante, que ocorrem amanhã (16), na Associação Comercial de São Paulo, para mostras quais são os sete erros mais cometidos pelos comerciantes. Segundo o superintendente do Sebrae-SP, Bruno Caetano, é a primeira vez que a entidade sistematiza esse tipo de informação.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

“Diariamente nossos consultores atendem empreendedores e constatam certa falhas. Mas só no ano passado decidimos fazer a pesquisa.”

O levantamento foi realizado durante 2011 e envolveu 2.552 participantes do Programa Comércio Varejista no Estado de São Paulo, cujo objetivo era diagnosticar o perfil e o desempenho na gestão dos negócios de comerciantes do Estado.

Segundo Caetano, a pesquisa chama a atenção para o problema. “Com base nos resultados fica mais fácil para o empreendedor corrigir os erros cotidianos. O estudo serve de alerta e também aponta onde a atenção deve ser concentrada.”

Todos os aspectos negativos identificados na pesquisa podem ser corrigidos com a colaboração do Sebrae. “Quem não conseguir fazer sozinho, pode procurar um dos nossos postos”, diz Caetano. O órgão também conta com consultores online no site www.sebraesp.com.br . As dúvidas podem ser tiradas pelo número 0800-570-0800. “Aqueles empreendedores que se preparam têm mais chances de sucesso”, lembra.

Confira os principais erros:

56% dos estabelecimentos entrevistados nunca fizeram ou só fizeram uma vez no ano o inventário de estoque.

39% não possuem metas de vendas estabelecidas.

53% possuem acesso a internet apenas na loja. Mas não a utilizam como canal de vendas e divulgação.

26% não possuem cadastro de clientes e 38% só o fazem para crediário. Ou seja, não utilizam as informações do cliente para personalizar e antecipar vendas.

55% não executam nenhuma ação de pós vendas, ou seja, não avaliam a satisfação do cliente, tampouco buscam ações para fidelizá-lo.

47% não fazem treinamento de funcionários

66% não planejam a sucessão empresarial da empresa

Tudo o que sabemos sobre:
comércioSebraeSebrae-SP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.