Reprodução
Reprodução

Conheça os dez projetos de financiamento coletivo mais bem-sucedidos da internet

As iniciativas de maior sucesso do site conseguiram mais de US$ 54 milhões

Estadão PME,

03 de julho de 2014 | 07h28

Desde a sua criação em 2009, o Kickstarter - principal site de financiamento coletivo da internet - tem sido utilizado como ferramenta para diversos empreendedores que querem tornar seus projetos uma realidade. Mas, nos últimos cinco anos, algumas campanhas de financiamento colaborativo se destacaram não somente pela inovação proposta, mas sobretudo pelo volume de dinheiro levantado junto aos internautas.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Para inspirar o empresário, o Estadão PME preparou uma lista com os dez projetos de inovação mais bem-sucedidos de todos os tempos na plataforma. A lista inclui desde relógios tecnológicos, a filmes de Hollywood e impressoras 3D. Juntas, essas iniciativas conseguiram mais de US$ 54 milhões em aportes diretos. Conheça os projetos, assista os vídeos (em inglês) e bons negócios.

1) Pebble Technology

Valor levantado: US$ 10,2 milhões

Meta inicial: US$ 100 mil

O Pebble é um relógio inteligente e customizável que permite total integração com os sistemas iOS e Android via bluetooth. Dentre outras funções, ele oferece aplicativos próprios e controle do celular à distância. A iniciativa recebeu aportes de empresas como a Apple, o Google e a Samsung.

2) OUYA

Valor levantado: US$ 8,5 milhões

Meta inicial: US$ 950 mil

A ferramenta tem por objetivo permitir que produtores individuais possam criar seus próprios games para jogar na TV. O OUYA funciona como um console de código aberto, que usa a plataforma Android, onde é possível testar todos os jogos desenvolvidos gratuitamente.

3) PonoMusic

Valor levantado: US$ 6,2 milhões

Meta inicial: US$ 800 mil

O Pono é um player desenvolvido pelo músico Neil Young. O equipamento pretende recuperar a qualidade do áudio das gravações de estúdio, perdidas com a compactação das canções em arquivos digitais cada vez menores.

4) The Veronica Mars Movie Project

Valor levantado: US$ 5,7 milhões

Meta inicial: US$ 200 mil

A série Veronica Mars, que foi ao ar nos Estados Unidos entre 2005 e 2007, ganhou sua versão para os cinemas com o apoio financeiro dos fãs. Logo após o cancelamento da série de TV, a atriz Kristen Bell e o escritor Rob Thomas lançaram o novo projeto. A meta foi atingida em apenas dez horas de campanha, e o filme chegou às telonas em março desse ano.

5) Reading Rainbow

Valor levantado: US$ 4,8 milhões (em andamento)

Meta inicial: US$ 1 milhão

O projeto quer recriar a série educativa de TV Reading Rainbow, que auxilia crianças a aprender a ler e escrever, em uma versão web. A iniciativa já bateu o recorde de doadores individuais das campanhas do Kickstarter: até o momento são mais de 98 mil.

6) Torment: Tides of Numenera

Valor levantado: US$ 4,1 milhões

Meta inicial: 900 mil

A proposta do financiamento era transformar uma história de RPG (role-playing game, espécie de jogo onde os participantes assumem o papel de personagens e criam narrativas) em um jogo de vídeo game.

7) Project Eternity

Valor levantado: US$ 3,9 milhões

Meta inicial: US$ 1,1 milhão

Similarmente ao Torment: Tides of Numenara, esse projeto também teve como objetivo viabilizar um game. Batizado temporariamente como Project Eternity, a iniciativa visa criar uma narrativa de RPG nova e que preste homenagem aos clássicos do gênero.

8) Mighty No. 9

Valor levantado: US$ 3,8 milhões

Meta inicial: US$ 900 mil

A desenvolvedora japonesa de jogos Capcom lançou a campanha para recriar clássicos do vídeo game 8-bit e 16-bit com uma estética atualizada.

9) Reaper Miniatures

Valor levantado: US$ 3,4 milhões

Meta inicial: US$ 30 mil

O mundo dos games também inspirou uma outra campanha do Kickstarter. A Reaper Miniatures contou com o financiamento de milhares de consumidores para produzir versões de esqueletos-mini de personagens e monstros do gênero fantasia.

10) The Micro: The First Truly Consumer 3-D Printer

Valor levantado: US$ 3,4 milhões

Meta inicial: US$ 50 mil

O projeto arrecadou milhões para construir a primeira impressora 3D portátil e para uso doméstico ou em escritórios. Batizado de Micro 3D, o equipamento permite construir os próprios modelos a partir de arquivos disponíveis na web.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.