Reprodução
Reprodução

Conheça a tecnologia que possibilita ao cliente pagar contas com a manga do próprio terno

Banco australiano desenvolve roupa com chip que substitui o cartão de crédito na hora fazer o pagamento

Estadão PME,

03 de maio de 2014 | 07h03

A chamada tecnologia weareble, que de alguma forma conecta roupas e acessórios a computadores ou sistemas eletrônicos, está cada vez mais evidente e sendo usada principalmente por startups para facilitar a vida das pessoas. Na Austrália, quem está atento para essa oportunidade é o Heritage Bank, que desenvolveu um terno com um chip dentro da manga que pode ser usado para pagar contas sem o uso do cartão de débito ou crédito.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Para quitar o débito, o usuário só precisa colocar o braço perto do leitor desta tecnologia, desenvolvida em parceria com a Visa.

 

O site Springwise informa que com esse dispositivo é possível pagar contas de até 100 dólares australianos, equivalente a R$ 204,79.

Nesse período de projeto e testes, o banco já vendeu 12 ternos de lã com essa tecnologia. Um deles, posteriormente, foi vendido por 510 dólares australianos, ou R$ 1.044,41, por meio do site norte-americano de e-commerce e leilões e-Bay.

Os valores obtidos com todas as vendas foram revertidos para uma instituição de caridade que atende crianças portadoras de autismo.

Assista abaixo o vídeo (em inglês) que mostra como o produto funciona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.