Reprodução
Reprodução

Confira 5 resoluções de ano novo para empreendedores

Miles Jennings, da Recruiter.com, lista ações que gestores de pequenos negócios devem tomar em 2015

Estadão PME,

08 de janeiro de 2015 | 07h04

 Existe resolução de ano novo entre os empreendedores? Segundo artigo publicado no Entrepreneur, o mês de janeiro é o período indicado como ideal para planejar melhorias para o novo ciclo profissional que se inicia ou, talvez até mais importante, corrigir o rumo de estratégias que não surtiram o efeito desejado na empresa no ano que passou.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Miles Jennings, fundador e presidente da empresa norte-americana de recrutamentos Recruiter.com, criou uma lista de erros comuns cometidos por muitos empreendedores e que podem ser revistos para 2015.

:: Confira a lista ::

1. NÃO ENVOLVER-SE PESSOALMENTE COM OS NEGÓCIOS

Para Jennings, existe um custo físico e emocional grande quando o empreendedor se envolve de maneira pessoal com a execução dos negócios. Atrelar as emoções às mudanças pelas quais passa um processo de negociação pode transformar um período difícil de trabalho em um desastre. O importante é manter os assuntos profissionais em perspectiva, não como uma obrigação pessoal.

2. EXPANDIR O ALCANCE DO CONTROLE SOBRE A EQUIPE

Empreendedores costumam se concentrar em projetos grandes e confiam outras tarefas aos colaboradores, deixando que eles tomem as decisões sobre alguns negócios. Embora isso seja positivo, Jennins aponta que o empreendedor deve sempre manter contato com a equipe e buscar informações sobre o andamento de processos, ainda que os colaboradores tenham liberdade para executá-los.

3. DESCOMPLICAR TAREFAS E PROCESSOS

É bom fazer planos para o futuro, sobretudo os que envolvem expansão de estrutura, de pessoal, entre outros exemplos. Entretanto, o presidente da Recruiter.com diz que o ideal é a empresa crescer de acordo com sua capacidade e implantar mudanças de acordo com aquilo que pode suportar. É preciso estabelecer prioridades do que é realmente necessário fazer e se isso vai criar impactos na operação da empresa.

4. NÃO ABANDONAR A SAÚDE PESSOAL

Com vários assuntos ligados à empresa encarados como prioridade, muitos empreendedores acabam se envolvendo demais a ponto de não reservar uma parte do seu dia para cuidar da saúde. Mesmo que pareça difícil, ainda mais se a empresa estiver passando por um processo de crescimento, é importante o empreendedor preocupar-se em praticar exercícios e fazer exames regularmente.

5. FIQUE MENOS TEMPO FORA

Existem situações em que uma simples chamada telefônica ou uma videoconferência são mais eficazes, e menos onerosas, do que um almoço em outro estado ou uma visita técnica que demanda horas de voo e tempo de espera em aeroportos, estradas ou rodoviárias. A melhor escolha entre uma e outra forma de relacionamento pode reduzir custos e aumentar o foco no negócio da empresa.

Tudo o que sabemos sobre:
Empreendedorismoestratégia,gestão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.