Daniel Teixeira/AE
Daniel Teixeira/AE

Confiança do empresário sobe 0,03% em agosto

Em São Paulo, índices de expectativa e de investimento, entretanto, registraram elevação no período

Estadão PME,

12 de setembro de 2011 | 14h22

 Os empresários paulistanos do setor de comércio mantiveram o índice de confiança (ICEC) estável em agosto. De acordo com dados da Fecomercio, o ICEC apresentou ligeira alta de 0,03% em agosto e chegou aos 124,3 pontos na cidade de São Paulo na comparação com julho.  

Entre os itens que compõem o ICEC, o Índice das Condições Atuais do Empresário do Comércio (ICAEC), que mede as percepções do período presente do comerciante,  sinalizou queda de 1,6% em agosto e fechou com 107, 4 pontos.  No entanto, o Índice de Expectativa do Empresário do Comércio (IEEC) apresentou alta de 0,8% (156 pontos), enquanto o Índice de Investimento do Empresário do Comércio registrou elevação de 0,6% (109,5 pontos) em agosto. 

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

Os patamares dos índices que representam mais diretamente a percepção e a atuação do empresário estão em níveis baixos e por isso nos próximos meses  ele deve flutuar.  De acordo com a Fecomercio, o mercado mostra sinais dúbios, o que reflete na resposta do setor . Os motivos da flutuação são os sinais de desaquecimento da economia , puxado pela indústria, e  o aquecimento das vendas no varejo.

Tudo o que sabemos sobre:
VarejoComércio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.