Reuters
Reuters

Companhia de seguros paga para clientes que conseguem praticar exercícios

Oscar Insurance oferece até US$ 240 para quem der 10 mil passos por dia

Estadão PME,

11 de janeiro de 2015 | 07h00

 Da mesma forma como acontece no mundo todo, nos Estados Unidos as entidades médicas afirmam que caminhar todos os dias pode ter um impacto real sobre muitas das principais causas de morte do país.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Assim, pacientes obesos, diabéticos e hipertensos acabam se tornando "vilões" das companhias de seguros, já que lá é alta a mortalidade de pessoas que pertencem a esse grupo de risco, demandando mais indenizações por parte das empresas que atuam neste ramo.

A Oscar Insurance, seguradora sediada na cidade de Nova York, decidiu criar uma estratégia para incentivar seus assegurados a saírem do sedentarismo e, assim, reduzir o número de pagamentos feitos em casos de morte.

Cada cliente da empresa que atingir a meta de 10 mil passos receberá US$ 240 em vale-compras no site de e-commerce Amazon. Para aderirem ao plano, os assegurados devem instalar um aplicativo que faz a leitura dos passos dados pelo usuário via GPS, registrados por uma pulseira.

O aplicativo permite também que o cliente se conecte com os profissionais de saúde na sua área e os médicos podem acompanhar e avaliar os seus dados de saúde.

Tudo o que sabemos sobre:
CorridaSedentarismoAmazon

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.