Christina/Unsplash
Christina/Unsplash

Como uma empreendedora pode atrair financiamento?

Número de empresas lideradas por mulheres cresceu no mundo, mas elas continuam atraindo menos capital para seus negócios do que os homens; dicas incluem crowdfunding

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de janeiro de 2020 | 14h16

Por Kerry Hannon / The New York Times

O número de empreendedoras está aumentando em todo o mundo. Empresas pertencentes a mulheres nos Estados Unidos, por exemplo, estão em alta, de acordo com o Relatório de Empresas de Propriedade de Mulheres de 2019 da American Express. Entre 2014 e este ano, o número de empresas desse tipo aumentou 21%, chegando em quase 13 milhões. As empresas pertencentes a mulheres negras cresceram ainda mais, com índice de 43%. Por outro lado, o número de companhias em geral nos Estados Unidos aumentou apenas 9%.

A Irlanda e o restante da Europa também viram uma explosão no empreendedorismo feminino, disse Joanne Hession, fundadora da The Entrepreneurs Academy, com sede em Dublin. No entanto, é de conhecimento geral que globalmente as mulheres obtêm uma fração do capital de risco e que negras, hispânicas ou asiáticas obtêm significativamente menor investimento.

“O dinheiro é o maior obstáculo para as startups lideradas por mulheres”, disse Suzanne Norris, da Victress Capital, empresa de Boston que investe em empresas com fundadoras e equipes de gênero diverso. “As pessoas investem em pessoas que se parecem com elas”, disse Nathalie Molina Niño, autora de Superação: A Nova Revolução para Mulheres Empreendedoras e diretora executiva da O³.

Ainda assim, especialistas em liderança e financiamento dizem que existem maneiras pelas quais as mulheres podem atrair dinheiro para suas startups:

No lugar dos investidores

Metade do desafio é ver as coisas através das lentes de potenciais financiadores. Coloque-se no lugar deles quando lhe perguntarem: "Qual é a sua formação? O que você fez para mostrar sua credibilidade para ter sucesso neste negócio?", disse Sanyin Siang, diretora executiva do Centro de Ética e Liderança Fuqua/Coach K da Universidade Duke e autora de O Livro de Lançamento: Histórias Motivacionais para Lançar sua Ideia, Negócios ou Próxima Carreira. “Não fique na defensiva", acrescentou ela. "Leve-os até o seu ponto de vista."

Crie um círculo interno

Comece um grupo “Mastermind" de seis a oito mulheres com diversidade em termos de etnia e indústrias, disse Molina Niño. Comprometa-se com seis a nove meses de reuniões. Crie duas ou três coisas concretas para serem feitas a cada mês, para que você tenha responsabilidade, um imperativo nos estágios iniciais do empreendedorismo, porque esse é um período cheio de incertezas, dúvidas e, em muitos casos, solidão.

Para recrutar seu grupo, use todas as ferramentas disponíveis: Facebook, LinkedIn, sua escola, seu local de culto, seus quadros de avisos do bairro, sua câmara de comércio. Procure aceleradoras, incubadoras e concursos. Mesmo se você não vencer, crie um ecossistema, conecte-se com possíveis conselheiros e construa sua rede.

Redes mais fortes e mais amplas estão vinculadas ao acesso aprimorado a uma variedade de fontes de financiamento, de acordo com o Boston Consulting Group. “As redes de compartilhamento incentivam mulheres a estabelecer aspirações mais altas por seus negócios, planejar o crescimento e adotar a inovação”, de acordo com os pesquisadores.

Seja audaciosa

“As mulheres tendem a ser mais realistas, conservadoras e autênticas sobre o que estão pedindo quando se trata de financiamento”, disse Norris. “Os homens pensam em maior escala e mais ousadamente sobre suas ideias e convicções sobre para onde estão indo. As mulheres se anunciam menos e tendem a menosprezar tais coisas. Ao apostar na pessoa, você quer acreditar que ela é grande e é ousada. Seja pretensiosa.”

Leve em consideração o crowdsourcing

O crowdfunding por meio de sites como o Kickstarter e o Indiegogo é uma maneira eficaz de lançar um negócio. Existem também algumas plataformas de crowdfunding especificamente para mulheres empresárias, como iFundWomen e Women You Should Fund. Encontre outros negócios e projetos semelhantes que tenham campanhas de crowdfunding e observe quais níveis eles estabelecem para suas metas. Cada plataforma de crowdfunding possui uma estrutura de taxas diferente.

Divulgue-se

Se você tem uma ideia interessante ou uma empresa jovem, conte a alguém. Diga a todos, disse Molina Niño. “As mulheres têm realmente boas razões para serem reticentes em revelar as coisas antes de serem totalmente apoiadas, porque o nível de escrutínio sob o qual estamos é imensuravelmente mais significativo do que para os homens. Perfeição é o que se espera de nós”, acrescentou. “Acredite que é a comunidade que ajuda a melhorar sua ideia."

Tradução de Claudia Bozzo

Tudo o que sabemos sobre:
empresafeminismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.