Cobertor superpesado, provável aliado no combate à insônia, é sucesso em plataforma de crowdfunding

Gravity queria arrecadar US$ 21,5 mil na plataforma de 'vaquinha' virtual, mas já ultrapassa US$ 3,5 milhões

O Estado de S.Paulo

16 de maio de 2017 | 19h13

A Gravity, empresa responsável pelo projeto de um cobertor superpesado, já levantou, com a ajuda da plataforma de crowdfunding (vaquinha virtual) Kickstarter mais de US$ 3,5 milhões (o equivalente a mais de R$ 10,8 milhões) para lançar o produto comercialmente. Os desenvolvedores do cobertor se dizem aptos a proporcionar uma contribuição determinante para uma prazerosa e reparadora noite de sono.

A confecção do cobertor contém bolotas de plástico que elevam seu peso para algo entre 6,8 a 11,3 quilos. Os pesquisadores sustentam que esse peso será distribuído por todo o corpo de seu usuário, e supostamente essa pressão, aplicada sobre determinados pontos sensíveis, pode reduzir a ansiedade e estresse, conduzindo seu feliz proprietário aos braços de Morfeu.

O vídeo que convida a participar do financiamento coletivo demonstra que dormir bem é uma necessidade moderna cada vez mais premente. Cerca de 70% dos americanos apresentam dificuldades para dormir em pelo menos um dia por semana. Uma fatia de 18% dos habitantes dos EUA (40 milhões) padece de ansiedade prolongada,uma das causas de insônia.

Comprovando que o público-alvo, aqueles que dormem mal, é de fato muito numeroso, o objetivo inicial estabelecido, que era arrecadar US$ 21,5 mil, foi rapidamente ultrapassado. Em oito dias, a 'vaquinha' virtual juntou US$ 3,5 milhões.

Não se trata de uma sacada nova dos empreendedores que inscreveram a proposta na plataforma. Terapeutas ocupacionais têm utilizado cobertores semelhantes como ferramenta para reduzir ansiedade e estresse há vários anos.

Crianças com autismo e adultos com estresse pós-traumático participaram de estudos científicos que apontaram o porcentual de 90% de redução de estresse.

Os especialistas sugerem que o cobertor utilizado para esse enfim pese por volta de 10% da massa corporal de quem se cobrir com ele. O Gravity Blanket vai custar US$ 279 (cerca de  R$ 860), mas quem participa do financiamento no Kickstarter receberá o produto em outubro, e por US$ 169 (R$ 520).

Os desenvolvedores do produto aconselham os interessados a procurar primeiro seu médico para se certificar de que o cobertor não vá acarretar problemas respiratórios ou circulatórios.

"Nosso objetivo, na Gravity, é estender os benefícios da ciência médica de alto padrão às massas", diz John Fiorentino, o criador da empresa.

Tudo o que sabemos sobre:
Empreendedorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.