Reprodução
Reprodução

Cinco franquias em que o empreendedor pode investir e, ao mesmo tempo, ter outro trabalho

Especialistas alertam que é preciso deixar essa situação clara para o franqueador desde o início, definindo papéis e responsabilidades

Rodrigo Rezende, Estadão PME,

29 de julho de 2013 | 06h38

Investir em uma franquia sem ter que abandonar sua atividade profissional é possível. Alguns franqueadores não exigem que o empreendedor trabalhe exclusivamente em seu novo negócio. Ele pode conciliar as duas atividades. Mas, segundo especialistas, é preciso tomar alguns cuidados, como ter afinidade com a área em que se está entrando e criar mecanismos para monitorar os resultados da franquia, mesmo a distância.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Para Adir Ribeiro, presidente da Praxis Business, antes de tudo é importante o empreendedor entender por que ele quer abrir um negócio. "A pessoa não deve ter a ideia de que a franquia pode ser um plano b, algo para trabalhar depois que aposentar ou uma fonte de lucro certo", diz.

Depois, sugere o especialista, é preciso conversar claramente com o franqueador. "Alguns não são receptivos, preferem o investidor que vai ter a 'barriga no balcão', por isso é necessário mostrar qual será a estratégia e qual será sua relação com o negócio."

O empenho para começar e manter o empreendimento deve ser similar ou até maior do que o de quem vai trabalhar 100% do tempo na franquia. "Você tem que ser capaz de monitorar os resultados principais do negócio", afirma Ribeiro. "Se for preciso, crie mecanismos para acompanhar e interagir a distância."

O consultor Luis Henrique Stockler, da ba{Stockler, afirma que é preciso gostar do ramo de atuação em que se investe. "Se você não se enxerga lá, corre um risco, pois se você perder o seu sócio atleta, aquele responsável pelo operacional, terá de tocar o negócio", diz. Ele também ressalta que o empreendedor precisa estar disposto a aprender sobre o negócio e a área de atuação junto com a pessoa que vai comandar a operação.

Confira abaixo uma lista de cinco franquias em que você pode investir mesmo sem ter que mudar de emprego. As informações foram levantadas diretamente no banco de dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Buddha SPA: spa

Investimento total: R$ 80.000 a R$ 300.000

Faturamento médio mensal: R$ 70.000

Unidades franqueadas: 14

Retorno em meses: 18 a 36

www.buddhaspa.com.br

Casa do Pão de Queijo: cafeteria

Investimento total: R$ 224.500 a R$ 355.000

Faturamento médio mensal: R$ 50.000

Unidades franqueadas: 356

Retorno em meses: 24 a 40

www.casadopaodequeijo.com.br

Griletto: fast food de grelhados e parmegianas

Investimento total: R$ 340.000 a R$ 390.000

Faturamento médio mensal: R$ 110.000

Unidades franqueadas: 70

Retorno em meses: 24 a 36

www.griletto.com.br

Mahogany: produtos para cuidados pessoais, corpo, cabelo e fragrâncias

Investimento total: R$ 210.000 a R$ 300.000

Faturamento médio mensal: R$ 55.000

Unidades franqueadas: 151

Retorno em meses: 36 a 48

www.mahogany.com.br

Moldura Minuto: emolduramento rápido de telas, pôsteres, gravuras e objetos em geral

Investimento total: R$ 120.000 a R$ 205.000

Faturamento médio mensal: R$ 40.000

Unidades franqueadas: 60

Retorno em meses: 18 a 24

www.molduraminuto.com.br

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.