Divulgação
Divulgação

Capacete que já arrecadou mais de US$ 1 milhão tem visor tecnológico e GPS

Skully AR-1 é vendido no Indiegogo por US$ 1.399

Estadão PME,

14 de agosto de 2014 | 19h07

A inovação tecnológica chegou aos capacetes para motociclistas. O modelo Skully AR-1 tem um visor que mostra as imagens de uma câmera localizada na parte de trás do capacete, é equipado com GPS e ainda é possível sincronizar o equipamento com o smartphone para atender ligações e ouvir músicas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Para quem acha que o produto é pesado, a empresa desenvolvedora informa que o maior modelo pesa 1.792 gramas, quase o mesmo peso de um capacete tradicional. A câmera instalada tem um ângulo de visão de 180 graus, o que garante que o motociclista consiga ver o que está acontecendo no seu lado direito e esquerdo, e não só o que está acontecendo atrás dele. As informações são projetadas no visor do motociclista, mas fora do campo de vista principal do piloto.

No visor, o piloto pode optar por visualizar a velocidade da moto ou as direções que têm que seguir para chegar ao seu destino, por exemplo. A bateria do capacete dura nove horas de uso contínuo e pode ser recarregada com um cabo padrão micro USB.

O produto já é um sucesso no site de financiamento coletivo Indiegogo. A campanha começou no dia 10 de agosto e já arrecadou mais de US$ 1 milhão. Os interessados podem apoiar o projeto até o dia 9 de setembro e quem quiser adquirir um capacete vai precisar desembolsar US$ 1.399. A entrega está prevista para maio de 2015. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.