Capa de alumínio protege celulares de impactos e de temperaturas extremas

Meta do projeto em campanha coletiva online é arrecadar US$ 40 mil

Estadão PME,

22 de abril de 2015 | 06h40

 

Lançamentos vem e vão e os smartphones seguem praticamente com a mesma aparência desde a aplicação das telas sensíveis ao toque, mudando apenas suas cores e características técnicas. Com as capas feitas para acomodá-los em segurança, no entanto, a criatividade aplicada por designers está mais aflorada que nunca.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Depois dos modelos que trazem abridores de garrafas embutidos e capas magnéticas, chegou a vez das super-capas que, além de proteger smartphones de impactos, controlam a temperatura do aparelho para preservá-lo diante de condições climáticas extremas.

Uma empresa novata de Nova York, nos Estados Unidos, criou a capa Optimal - uma verdadeira carapaça que protege aparelhos e conta com pequenos exaustores e aquecedores para manter o celular na temperatura ideal. Com ela, o usuário poderá levar tranquilamento seu smartphone para uma passeio no Ártico ou no deserto do Saara.

Em sete dias, o projeto da super-capa conseguiu US$ 8 mil em uma campanha de financiamento coletivo no site Indiegogo. A meta dos empreendedores é atingir a marca de US$ 40 mil nos próximo 40 dias. 

Tudo o que sabemos sobre:
EmpreendedorismoNegóciosGadgets

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.