Câmera tem versão básica e versão 'monstro'
Câmera tem versão básica e versão 'monstro'

Câmera flexível pode ser enrolada na perna e até na coleira do cachorro

Flex Cam PIC foi lançada em site de financiamento coletivo

Estadão PME,

03 de maio de 2015 | 07h00

O desafio de criar uma câmera leve e fácil de ser usada levou uma empresa de Seul a criar a Flex Cam PIC. O modelo é flexível e pode ser colocado em praticamente qualquer lugar, como braço, perna, bicicleta, bolsa ou na coleira do cachorro, por exemplo.

::: Saiba tudo sobre :::

Mercado de franquias

O futuro das startups

Grandes empresários

Minha história

O produto é feito de resina e a câmera fica localizada na ponta da Flex Cam. Assim, o cabo flexível pode ser enrolado e fixado onde o usuário desejar. O usuário ainda pode filmar de baixo d´água. A empresa criou modelos básicos (cinco cores) e mais sete versões no estilo "monstros".

O produto foi lançado em uma campanha no site Indiegogo e arrecadou US$ 100 mil em dez dias, batendo a meta inicial de US$ 10 mil para iniciar a produção. Os 100 primeiros apoiadores garantiram a compra da câmera no modelo básico por US$ 49. Atualmente, o item pode ser garantido por US$ 79, US$ 10 a menos que o preço previsto para o varejo.

Tudo o que sabemos sobre:
câmeraestadão pmeinovação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.