Reprodução
Reprodução

Cama inteligente levanta quase US$ 1 milhão de financiamento na internet

Produto tem a chancela de dois inventores italianos e está sendo testado na Califórnia

Estadão PME,

05 de março de 2015 | 07h12

Uma dupla de inventores italianos está em vias de lançar o primeiro lote da primeira cama inteligente da história, ou, como eles batizaram, a smart bed. O produto, que já levantou quase US$ 1 milhão em financiamento coletivo na internet, leva para dentro do quarto das pessoas o mesmo conceito que já é bem recebido por usuários de telefones celulares e, nos próximos meses, promete atingir acessórios como relógios de pulso.

::: Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A Luna smart bed é interligada ao smartphone e a qualquer outro equipamento eletrônico equipado com o sistema de comunicação Bluetooth. Ela faz coisas que se esperam de uma cama inteligente, como manter a temperatura ajustada para o conforto do casal (e isso contempla ajustes diferentes para cada um dos lados da cama).

Mas há alguns atributos menos lógicos, como acompanhar a qualidade do sono do usuário, produzindo uma série de gráficos e métricas por meio de uma aplicativo dentro do celular.

Mas é realmente na intercomunicação com outros gadgets que a cama inteligente vai além. Ela percebe que o usuário caiu no sono e desliga luzes, aparelhos de som ou TVs. Quando o usuário entra naquela faixa de sono próxima ao despertar, ele vai preparando a casa, como colocar a cafeteira para funcionar, aquecer a água para o banho e mimos do tipo.

Divulgado no site de financiamento coletivo Indiegogo, o interesse dos sócios era de levantar US$ 100 mil para um primeiro lote do produto. Mas, há 22 dias do fim da campanha, eles conseguiram 928% da meta, o que os coloca no rol dos pouquíssimos empreendedores a levar perto de US$ i milhão (exatos US$ 928.279 mil.

Uma cama queen size, aquela maior, vai custar US$ 199.

Assista o vídeo para ter uma ideia desse negócio que ainda não saiu do papel, mas já é um sucesso de vendas.

 

Tudo o que sabemos sobre:
EmpreendedorismoPME

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.