Mônica Bento/AE
Mônica Bento/AE

Caixa Econômica ainda tem R$ 165 milhões para emprestar à microempresa

Em nove meses, banco disponibilizou R$ 180 milhões em financiamento para empresas com faturamento anual de até R$ 120 mil, 52% do montante reservado para o primeiro ano

Renato Jakitas, Estadão PME,

25 de junho de 2012 | 16h39

A Caixa Econômica Federal divulgou nesta segunda-feira o primeiro balanço de seu programa de microcrédito, ação que visa, principalmente, atender o mercado formado por empreendedores individuais em comunidades carentes.

De setembro do ano passado, quando o programa foi lançado, a 22 de junho, o banco disponibilizou R$ 180 milhões em linhas de financiamento, 52% do volume total de recursos alocados para a linha no ano, que segundo a Caixa é de R$ 345 milhões.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

No período, o banco contabilizou 23.300 contratos de empréstimo para empresas com faturamento de até R$ 120 mil por ano, independentemente do tipo de atividade produtiva.

Os recursos podem ser usados como capital de giro, investimentos para compra de equipamentos e máquinas e também para promover melhorias nas instalações das empresas. Para contratar a operação, o empreendedor deve se dirigir a uma agência ou a um dos postos de atendimento instalados em comunidades atendidas pelo programa.

Regiões como o Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, Heliópolis, em São Paulo, e mais 58 comunidades situadas nas capitais e grandes cidades brasileiras receberam equipes especializadas para atendimento aos empreendedores. Em abril deste ano, a Caixa ampliou a atuação em mais 29 comunidades de diversas cidades do Brasil, totalizando 60 comunidades atendidas pelo programa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.