Sérgio Neves/AE
Sérgio Neves/AE

Cai número de paulistanos que vão comprar presentes no Dia das Mães

Disposição para gastar mais que no ano passado, no entanto, cresceu entre quem pretende ir às compras; maioria busca presentes de mais de R$ 70

Beatriz Bulla - Agência Estado,

10 de maio de 2012 | 13h38

Pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) mostra que caiu o número de paulistanos que pretendem gastar com presentes para o Dia das Mães em comparação com o ano anterior. Mas, entre aqueles que pretendem ir às lojas, cresceu o número dos que estão dispostos a gastar mais que no ano passado.

O total de pessoas que têm previsão de presentear a mãe caiu de 66,3% em 2011 para 63,5% neste ano. Ao mesmo tempo, a parcela dos que têm expectativa de gastar mais de R$ 70 com presente subiu de 72,5% para 74,2%. Os entrevistados que pretendem gastar entre R$ 21 e R$ 50 somaram 14,3%, seguidos pelos que querem gastar entre R$ 51 e R$ 70 (10,7%) e pelos que devem comprar menos de R$ 20 (0,8%). No ano passado, 2,3% dos entrevistados pensavam em gastar menos de R$ 20.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

Os produtos mais procurados, como em 2011, são itens de vestuário, calçados e acessórios (37,8%), perfumes e cosméticos (13,9%) e eletrodomésticos (8,1%).

Em relação ao pagamento, o levantamento apontou que 66,5% dos entrevistados vão comprar à vista e apenas 29,9% pretendem usar cartão de crédito. A maioria dos paulistanos (94,3%) disse também não estar disposta a contrair empréstimos para comprar presentes.

A pesquisa ouviu 1.116 pessoas na capital paulista entre os dia 2 e 4 deste mês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.