Reprodução
Reprodução

Café no Japão aceita apenas clientes mulheres e aluga espaço para consumidora tirar uma soneca

Negócio serve de exemplo para outros empreendedores pois soube inovar em segmento com muita concorrência

ESTADÃO PME,

21 de fevereiro de 2013 | 14h17

 Um café inaugurado na cidade de Tóquio no fim do ano passado começa a chamar a atenção no Japão por dois motivos: inovou e se diferenciou da concorrência. E, por isso mesmo, ele pode ser um bom exemplo para qualquer empreendedor que pretende iniciar um negócio em um segmento tão concorrido quanto o de cafés.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

O café Qusca segmentou sua atuação e só atende mulheres. Mas o negócio foi além. Além de admitir apenas senhoras e senhoritas, o local também construiu um espaço oferecido para que elas possam tirar uma soneca e relaxar do estresse do trabalho durante o dia.

Esse espaço reservado para as mulheres descansarem pode, inclusive, ser reservado antecipadamente e as clientes ainda contam com wifi grátis e carregadores para smartphones. Além disso, o café Qusca oferece ainda alguns mimos para as frequentadoras, entre eles, cosméticos gratuitos.

Ah, e o ambiente é harmonizado pela aplicação de aromaterapia. As informações foram obtidas também com a ajuda do site Springwise, cujo objetivo é investigar e achar negócios inovadores ao redor do mundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.