Bradesco coloca mais R$ 200 milhões em linhas de crédito para pequenos

Os recursos serão destinados para o Giro Simples Bradesco e o CDC Flex Bradesco

ESTADÃO PME,

11 de julho de 2011 | 13h47

O Bradesco anunciou hoje que colocará mais R$ 200 milhões à disposição de micro e pequenos empresários. O valor será distribuído entre duas linhas de crédito já oferecidas pelo banco - Giro Simples e CDC Flex.

Para ter acesso a uma dessas linhas, o empresário deve comandar um negócio com faturamento igual ou inferior a R$ 2,4 milhões. De acordo com a instituição financeira, a decisão se deve à demanda maior observada pelo próprio banco em 2011.

A linha Giro Simples Bradesco permite ao pequeno empresário contratar empréstimos de até R$ 60 mil. Ele terá prazo de até 36 meses para quitar a dívida. A taxa de juros praticada pelo banco é de 2,90% ao mês. Há carência de até 90 dias para o início do pagamento.

A linha CDC Flex também permite empréstimos de até R$ 60 mil. Mas o prazo de pagamento é um pouco maior: até 48 meses. A taxa de juros é a mesma (2,90% ao mês). Neste caso, porém, a carência para o pagamento é um pouco menor: 59 dias.

De acordo com especialistas, mesmo o micro e pequeno empresário que possui conta no Bradesco deve fazer uma pesquisa sobre linhas de financiamento antes de contratar qualquer empréstimo. Esse levantamento prévio pode ajudá-lo, por exemplo, a encontrar taxa de juros menores e, dessa forma, reduzir o impacto do empréstimo no orçamento da empresa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.