Divulgação
Divulgação

Boa opção para empreender: franquias de cervejas especiais custam a partir de R$ 79 mil

Mercado nacional tem pelo menos cinco marcas em operação; saiba escolher a melhor para você

Estadão PME,

30 de dezembro de 2014 | 07h15

Os apreciadores de cervejas especiais que estão de olho no crescimento do mercado, mas não têm conhecimento para abrir o próprio negócio, encontram nas franquias uma maneira de investir no segmento com menor risco e com suporte de uma rede.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

Existem pelo menos cinco marcas em expansão pelo Brasil: Beer Code, Mr. Beer, Confraria Paulistânia, Beer4U e Mestre-cervejeiro.com. E os modelos de franquias variam do quiosque, loja, bar e distribuidora.

"O movimento de cervejas especiais está apenas no início. Ainda temos barreiras de entrada, mas temos um potencial de consumo muito alto. Não tenho dúvidas que cerveja é consumo, não é moda. Quando o brasileiro experimenta um produto premium, acaba amadurecendo o hábito de consumo e dificilmente volta para o produto do mesmo segmento e de menor valor agregado", disse Fabiano Wohlers, da rede Mr. Beer.

:::QUANTO CUSTA?:::

Beer Code

Capital Para instalação:  R$ 83 mil a R$ 101 mil + capital de giro

Tempo de retorno do investimento: 18 a 24 meses

Área mínima da franquia: 9 metros quadrados

Taxa de franquia: R$ 18 mil

Capital de giro: 3 meses de custo fixo da operação

Taxa de Publicidade: 1% do valor da compra

Royalties: 5% do valor da compra

Faturamento médio mensal: R$ 50 mil

Lucro médio mensal: 10% a 15%

Site: beercode.com.br

Mr. Beer

Investimento inicial: a partir de R$ 144 mil (quiosque de 9 metros quadrados), R$ 158 mil (quiosque de 12 metros quadrados) a R$ 256 mil para uma loja de até 80 metros quadrados (já incluso taxa de franquia e primeiro estoque)

Taxa de franquia: R$ 35 mil

Capital de giro: R$ 20 mil para quiosques e R$ 80 mil para lojas

Royalties: 10% do valor da compra

Taxa de publicidade: 4% das compras

Área mínima: 9 metros quadrados (para quiosque)

Nº de funcionários: 2 funcionários (quiosque) e 4 funcionários (loja), além do proprietário

Faturamento médio mensal: entre R$ 33 mil (quiosques de até 9 metros quadrados) e R$ 62 mil (quiosques de 12 metros quadrados e lojas de shopping ou rua)

Lucro líquido médio mensal: entre 10% e 20% do faturamento

Prazo de retorno: de 18 a 24 meses

Prazo de contrato: 5 anos

Site: mrbeercervejas.com.br

Mr Beer - microfranquia

Investimento inicial: a partir de R$ 79 mil (já incluso taxa de franquia e primeiro estoque)

Taxa de franquia: R$ 15 mil

Capital de giro: R$ 20 mil

Royalties: 10% do valor da compra

Taxa de publicidade: 4% das compras

Área mínima: 4 metros quadrados

Nº de funcionários: 2 funcionários  

Faturamento médio mensal: R$ 33 mil

Lucro líquido médio mensal: entre 10% e 20% do faturamento.  

Prazo de retorno: de 18 a 24 meses

Prazo de contrato: 5 anos

Site: mrbeercervejas.com.br

Mestre-Cervejeiro.com

Investimento inicial Loja: R$ 128 mil (com taxa de franquia)

Investimento inicial quiosque: R$ 99 mil (com taxa de franquia)

Taxa de franquia: R$ 25 mil

Retorno do investimento: 18º ao 22º mês

Lucro líquido: 12% (média mensal - 3º ano)

Royalties: R$ 1,5 mil mensais (fixo no primeiro ano, após 4% do faturamento)

Fundo de marketing: R$ 600 mensal (fixo no primeiro ano e depois 2% do faturamento)

Site: mestre-cervejeiro.com

Confraria Paulistânia

A distribuidora exige investimento de R$ 200 mil a R$ 300 mil. No caso do bar e loja, a exigência é que o franqueado investirá entre R$ 480 mil e R$ 700 mil.

Site: bierwein.com.br/#!confraria-paulistania/cseo

Beer4U

Capital de giro: R$ 72 mil

Instalações: R$ 71.950

Taxa de franquia: R$ 25 mil

Investimento inicial: R$ 168.950

Retorno do investimento: 22º mês

Lucro líquido: 10%

Royalties: 5% da receita bruta

Fundo de propaganda: 1% da receita bruta

Site: beer4u.com.br 

Tudo o que sabemos sobre:
franquiaestadão pmecerveja

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.