Reprodução
Reprodução

Bicicleta elétrica dobrável funciona conectada e até carrega o smartphone

Gi Bike também tem sistema antirroubo e busca apoio em site de financiamento coletivo

Estadão PME,

21 de maio de 2014 | 06h40

 Após uma greve que paralisou o transporte público em Córdoba, na Argentina, três amigos resolveram buscar uma solução para o problema e revolucionar a vida das pessoas. Depois de dois anos de trabalho, eles criaram a Gi Bike, uma bicicleta para satisfazer todas as necessidades dos usuários: é elétrica, dobrável, funciona integrada com o smartphone, tem rodas iluminadas e ainda serve de carregador de celular.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google + ::

A bicicleta elétrica pode ser dobrada com apenas um movimento. Ela é feita de alumínio e pesa cerca de 17 quilos. A bateria dura cerca de 64 quilômetros. Os criadores também pensaram na segurança e equiparam a bicicleta com rodas que levam luzes LED. 

A Gi Bike também tem um bloqueio antirroubo que funciona automaticamente assim que o ciclista estiver a 10 metros de distância da bicicleta. Por meio de um aplicativo, o usuário ainda pode controlar os recursos da bicicleta e acessar as estatísticas de medição de calorias, velocidade, tempo e distância percorrida.

O modelo também está disponível na versão não elétrica com as demais funcionalidades. O projeto entrou no ar no site de financiamento coletivo Kickstarter no dia 13 de maio em busca de US$ 400 mil. 

Os apoiadores podem contribuir com US$ 1 e receber um agradecimento especial até com US$ 3390 para comprar a versão elétrica (US$ 200 mais barata que a versão que deve chegar ao varejo). A versão não elétrica custa US$ 2590 (US$ 200 mais barata que o preço que deve chegar ao varejo. 

Até a tarde desta segunda-feira, 19, o projeto arrecadou US$ 57 mil dólares de 77 apoiadores. A campanha segue até o dia 12 de junho. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.