Felipe Rau/Estadão
Felipe Rau/Estadão

Beach tennis vê renda crescer ao unir esporte com experiência gastronômica

Locais para a prática do esporte se multiplicam nos últimos anos, e empreendedores ampliam oportunidades de negócios ao diversificar experiência dentro e fora da quadra

Jorge C. Carrasco, Especial para o Estadão

24 de abril de 2022 | 05h00

O número de quadras de areia tem se multiplicado nos últimos anos, passando de 200 na capital paulista e superando os 500 ao redor do Estado de São Paulo, de acordo com dados do Departamento de Beach Tennis da Federação Paulista de Tênis. Para além da moda do esporte e dos benefícios do exercício físico, uma outra combinação tem atraído clientes e empreendedores: a fusão com entretenimento e culinária, do lado de fora das quadras.

Além dos negócios já existentes, um novo empreendimento está nascendo nesses moldes. Idealizado pelo bartender Jean Ponce e pelo chef de cozinha Greg Caislor ao lado de outros sócios, a empresa Tua Praia quer se tornar um destino para quem procura praticar esporte acompanhado de uma gastronomia de alta qualidade.

“Eu sou apaixonado por esportes e, com a pandemia, a gente notou que muitas pessoas estavam sentindo falta dessa atividade física”, diz Jean Ponce. “Quando a gente estava procurando novas oportunidades de negócios e visitando outras cidades e praias, a gente notou que, se você tirar seu tênis e botar o pé na areia, você se sente bem, você se conecta com outra coisa. E aí surgiu a ideia do beach tennis”, conta ele, que já é sócio de Caislor na rede de hamburguerias Patties.

Segundo Ponce, o Tua Praia conseguiu juntar uma equipe de profissionais renomados tanto do setor esportivo quanto do gastronômico, e o objetivo é criar uma experiência versátil para que o público desfrute ao longo do dia, da manhã à noite, em família ou entre amigos. 

“As pessoas vão chegar e pegar um cartão individual com o qual podem jogar beach tennis e também acessar a padaria, tomar café da manhã. Ou no final da tarde podem juntar os amigos e tomar alguma bebida no bar. Vai ser uma experiência completa.” O empreendimento está projetado para abrir as portas, com todo o lado gastronômico pronto, entre o final de maio e o começo de junho.

Pioneiros no beach com comida

No caso do Calçadão SP, a ideia de criar um local que juntasse esporte e gastronomia surgiu por volta de 2018, baseado em uma demanda por mais espaços de lazer ao ar livre. Segundo o sócio-fundador Caio Troi, naquela época, quando o boom do beach tennis não era tão evidente, muitos investidores consideravam arriscada demais a ideia de gerar negócios com quadras de beach tennis unidas a uma proposta gastronômica.

Apesar disso, ele e seus sócios conseguiram vender o projeto e financiaram a construção da primeira unidade no Butantã, em julho de 2019. “Em São Paulo, além da carência de espaços abertos, existiam algumas arenas de beach tennis, mas nenhuma com uma proposta similar. Então vimos que ali havia um grande potencial de investimento.”

Depois disso o negócio apenas cresceu. Em 2021, foram construídas mais três unidades e, neste ano, o Calçadão SP já ganhou mais quatro unidades, com previsão para a construção de mais três ao longo dos próximos meses.

A rede conta com opções gastronômicas diversas, como o restaurante Guará Casa da Praia e o Botanikafé, além de contar também com opções para quem quer fazer yoga, academia ou outros esportes de praia.

Chef de cozinha como sócia

No final de 2019, a chef de cozinha paulista Alice Dias decidiu que estava pronta para empreender e abriu um restaurante de cozinha contemporânea chamado Solos, após longa passagem por casas como o Maní, em São Paulo, e o Blue Hill at Stones Barns, em Nova York. Mas poucos meses depois veio a pandemia e ela fechou as portas. Passada a primeira fase da crise sanitária, no entanto, ela viu novas oportunidades baterem à porta.

“Muita gente queria praticar mais esportes e o beach tennis estava no auge em São Paulo”, conta a chef de cozinha. “Então eu tive a ideia de juntar duas coisas que eu amo: gastronomia e esportes.” E foi assim que ela resolveu, ao lado de outros dois sócios, abrir em dezembro de 2021 o Makai Beach Tennis & Sports, em Poços de Caldas (MG) — uma cidade a 1.186 metros do nível do mar que fica a cerca de duas horas de São Paulo.

“Eu via que Poços de Caldas estava carente de uma gastronomia diferenciada, assim como de um entretenimento amplo e novo para toda a família”, diz Alice. “Por isso, nós levamos a praia até a montanha e proporcionamos uma nova experiência de lazer, mais acessível para todos e até perto da cidade.”

O complexo do Makai possui de 6 mil metros quadrados e conta com seis quadras de esportes e um amplo espaço gastronômico, com um bar de tapas, uma praça de eventos, uma área para entretenimento de crianças e uma loja de artigos esportivos.

De acordo com Alice Dias, a poucos meses de funcionamento o público acolheu bem a iniciativa, que vem se posicionando como novo hub de turismo na região e já conta com centenas de associados que praticam esportes semanalmente no local. 

“As pessoas vêm desde cedo e ficam por aqui pelo resto do dia, seja curtindo o jogo na areia, uma comida diferenciada, uma boa bebida,” conta. “As pessoas querem saúde e entretenimento de qualidade. É muito bom sentir que nós estamos contribuindo para isso.”

Quer debater assuntos de Carreira e Empreendedorismo? Entre para o nosso grupo no Telegram pelo link ou digite @gruposuacarreira na barra de pesquisa do aplicativo. Se quiser apenas receber notícias, participe da nossa lista de distribuição por esse link ou digite @canalsuacarreira na barra de pesquisa. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.