Monica Bento/AE
Monica Bento/AE

Banco do Brasil anuncia R$ 26 bilhões de crédito adicional para micro e pequenas empresas

Medidas foram anunciadas um dia depois de pacote de apoio à indústria formatado pelo Ministério da Fazenda

ESTADÃO PME,

04 de abril de 2012 | 15h19

 O Banco do Brasil anunciou nesta quarta-feira que vai elevar em R$ 26 bilhões os limites de crédito para micro e pequenas empresas. A medida faz parte de conjunto de medidas anunciado pelo banco e batizado de Bom Pra Todos - ainda há previsão de crédito adicional e corte de juros para pessoas físicas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

De acordo com o banco, para os pequenos empreendimentos, a taxa média das principais linhas de capital de giro será reduzida em 15%. No caso da taxa média de recebíveis, a redução será de 16%. Com a medida, os empreendedores podem financiar seu capital de giro com juros a partir de 0,96% ao mês. Os valores das vendas a prazo com cheques pré-datados, duplicatas e cartão de crédito poderão ser antecipados com encargos a partir de 1,26% ao mês.

As mudanças, segundo informou o banco, começam a valer a partir do dia 12 de abril. "Vamos reduzir os spreads, aumentar a oferta de crédito, estimular o uso consciente do crédito e ainda atrair novos clientes", avalia o presidente do BB, Aldemir Bendine, em comunicado distribuído pelo banco.

O pacote de medidas de apoio à indústria, divulgado na terça-feira pelo governo federal, também prevê redução de juros para pequenos empreendedores, mas por meio de linhas de crédito administradas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social.

Leia sobre a redução de juros do BNDES.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.