Epitácio Pessoa/AE
Epitácio Pessoa/AE

Assista o vídeo, faça o teste e descubra a importância de prestar atenção nos clientes

Teste inglês feito para motoristas prestarem atenção em ciclistas pode ajudar o empreendedor a entender a importância dos clientes

ESTADÃO PME,

03 de abril de 2012 | 15h45

 Faz algum tempo, o Reino Unido fez uma campanha publicitária para despertar a conscientização dos motoristas de automóveis sobre a presença dos ciclistas nas ruas e avenidas.

::: Siga o Estadão PME nas redes sociais :::

:: Twitter ::

:: Facebook ::

:: Google+ ::

O comercial exibido é um teste que mostra como funciona o nosso cérebro e, por isso mesmo, deixa claro que é muito fácil deixarmos passar coisas quando não estamos prestando atenção. E isso se aplica também quando tratamos sobre empreendedorismo e a importância de observar os clientes. Mas primeiro faça o teste:

Assim como o bem-humorado comercial mostra, quando estamos preocupados em contar o número de passes da equipe branca, quando nos mandam fazer essa conta, simplesmente não nos damos conta de que uma pessoa fantasiada passa entre os jogadores dançando.

Substitua a equipe branca, por exemplo, por qualquer aspecto do seu negócio e o resultado é que o empreendedor pode passar tempo demais preocupado em vender mais, e mais e mais e simplesmente esquecer de observar o que o consumidor deseja.

É verdade, muitos grandes empresários não precisam de vídeos para chegar a essa conclusão. Ivani Calarezi, uma das sócias da rede Amor aos Pedaços, por exemplo, consulta o SAC da empresa todos os dias para saber quais são as reclamações dos consumidores. "O cliente que reclama você não perde. Ele só quer ajudar".

E não precisa ser grande empresário. Os proprietários da Padaria Maria Louca, Luis Alberto Siso e João Manssur, já prestavam atenção nos clientes antes mesmo de abrirem o negócio. "Pesquisamos as preferências locais e projetamos a Maria Louca para atender a essas características. Somos das poucas padarias que vendem todos os dias rabanadas e crustoli, receitas italianas famosas entre as famílias da região (onde funciona o estabelecimento)", afirma Siso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.